Seguidores

sexta-feira, 31 de maio de 2019

MASSACRE DE MANAUS: 17 PRESOS SÃO TRANSFERIDOS PARA PRESÍDIO FEDERAL DE MOSSORÓ, RN.


PF avisa que facção planeja ‘mandar quebrar tudo nas ruas’ do RN

POR CAIO VALE
31/05/2019
O núcleo de inteligência da Polícia Federal elaborou um relatório em que alerta para o risco de um “salve” da facção Primeiro Comando da Capital (PCC) no Rio Grande do Norte, na próxima terça-feira (4). O documento foi revelado Blog do Negreiros e reproduzido pelo Portal no Ar.

O relatório faz o alerta para as secretarias de Segurança Pública (Sesed) e de Justiça e Cidadania (Sejuc), além das polícias Militar e Civil.

De acordo com o documento, “a ordem seria ‘mandar quebrar tudo nas ruas’ a partir da meia-noite de terça”. A ação ainda teria o apoio de membros da fação em Pau dos Ferros, Mossoró, Umarizal, Apodi e Macaíba.

Além dos ataques nas ruas, o grupo criminoso estaria planejando ações contra agentes penitenciários e também em unidades prisionais. Outro alerta do relatório diz que os presos de Alcaçuz teriam “encontrado uma forma de abrir as celas utilizando pedaços de concreto como aríete”.

A reportagem do Portal no Ar entrou em contato com a Sesed. A pasta informou que “até o final da manhã deve se pronunciar sobre o caso”. A Sejuc repetiu o discurso e disse que ainda não há posicionamento da secretaria.







MASSACRE DE MANAUS: 17 PRESOS SÃO TRANSFERIDOS PARA PRESÍDIO FEDERAL DE MOSSORÓ, RN.


Dezessete detentos envolvidos no massacre de 55 presos em presídios do Amazonas foram transferidos para a Penitenciária Federal de Mossoró. A transferência foi concluída na noite desta quinta (30). A direção do presídio federal confirmou a chegada dos presos.

Outros nove detentos já haviam sido transferidos de Manaus na terça (28): três para a Penitenciária Federal de Brasília e seis para para Catanduvas, no Paraná.

Massacre em Manaus
A suspeita das autoridades é de que o massacre nos presídios de Manaus tenha sido motivada por uma disputa pelo comando de uma mesma facção. Na noite desta terça-feira, chegou ao estado o grupo da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP), que ficará por 90 dias dentro das unidades onde ocorreram os conflitos.
A maioria dos 55 detentos mortos nesta semana morreu de asfixia ou golpeada por objeto perfurante. Até esta terça-feira, 16 corpos haviam sido liberados. O massacre é osegundo ocorrido no Amazonas em menos de 3 anos.
Em 2017, os presídios de Manaus já tinham sido palco do maior massacre do sistema penitenciário do estado, com 65 mortes dentro de unidades prisionais — foram 56 casos apenas no Compaj. Naquela época, membros da Família do Norte (FDN) atacaram presos do Primeiro Comando da Capital (PCC) durante uma rebelião que durou 17 horas.
Transferência de 17 presos de Manaus para Mossoró foi concluída na noite desta quinta (30). — Foto: Marcelino Neto/O Câmera
Só a "nata".
G1/RN

quinta-feira, 30 de maio de 2019

PRESIDENTE DO LEGISLATIVO ANGICANO, CLÓVES TIBÚRCIO, CONVIDA A TODOS OS PROPRIETÁRIOS DE MOTOS PARA PARTICIPAR DE UMA AUDIÊNCIA PÚBLICA PROPOSTA PELO DEPUTADO NELTER QUEIROZ.

MOTORISTAS VIRAM A NOITE NESTA QUINTA (30) EM FILA PARA GARANTIR GASOLINA SEM IMPOSTO.

Nem uma temperatura de 16° foi capaz de fazer um grupo de cerca de 15 motoristas ficar em casa na madrugada desta quinta-feira (30/5). Várias pessoas passaram uma noite dentro dos carros para abastecer em um posto na Asa Norte. O grande objetivo era ser um dos primeiros a serem atendidos durante a mobilização para o Dia Livre de Impostos. Por volta das 7h da manhã, a fila ia da 206 a 210 Norte.


O posto Jarjour, na altura da 206 Norte, é um dos estabelecimentos que participam da mobilização. Durante esta quinta-feira (30/5), a partir das 7h, o preço do litro da gasolina estará por R$ 2,93 - com os impostos, o valor sobe para R$ 4,559.
Para Claudia Parente, de 52 anos, o preço baixo vale uma noite mal dormida. “A diferença é muito grande, quase o dobro do preço. Se a gente aproveitar, a economia na ponta do lápis é bem significativa”, defende a moradora da Asa Norte.


A vigilante ainda explica que ficou sabendo da ação por avisos de amigos em grupos de WhatsApp e decidiu se antecipar por conta do sufoco que enfrentou na última edição da mobilização. “Ano passado eu até pensei em vim a noite, mas acabei deixando só para de manhã e já peguei a fila no fim da Asa Norte, mas agora eu não vou enrolar”.

Madrugar na fila, em pleno Eixinho, garante Claudia não será um desafio intransponível. Parente comenta que não dá para dormir, mas uma boa música e a socialização com outros motoristas vai ajudar o tempo passar. “Não dá para dormir por que pode ser perigoso, mas fico acordada mesmo, o tempo passa rápido”.
Para Bartolomeu Marreiro, 62, a viagem até o posto foi maior ainda. Empacotado com o um gorro, blusa de frio e casaco, o ambulante veio de Sobradinho para aproveitar os preços baixos. “A fila é muito grande amanhã, se chegar cedo, mesmo assim corre o risco de não conseguir abastecer”, aponta.
Ainda segundo o homem, a mobilização é importante para dar noção do quanto as pessoas pagam de imposto. “A gente não percebe, mas assim fica mais claro. Como quando comparamos o preço das coisa em outros lugares [outros países] e percebemos que lá é mais barato, mas para a gente nem tanto”.
Além do posto, outros estabelecimentos comerciais participaram da mobilização, que já está na 11ª edição.



*** Informações com Jornal Correio Braziliense

ASSÚ E MAIS NOVE CIDADES DO RN RECEBERÃO NOVAS AMBULÂNCIAS PARA O SAMU





O Ministério da Saúde vai doar 13 novas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para nove cidades no Rio Grande do Norte. A informação foi divulgada pela pasta. Os municípios potiguares contemplados são, Assú; Apodi; Areia Branca; Canguaretama; Ceará-Mirim; João Câmara; Parnamirim; e Mossoró com uma ambulância cada. Pau dos Ferros receberá duas; e Macaíba três ambulâncias.

Todos os municípios contemplados estão sendo notificados e estima-se que em até dois meses todos os veículos sejam retirados diretamente pelos gestores municipais. Antes da retirada, o prefeito de cada cidade deve assinar o Termo de Doação do veículo e encaminhar ao Ministério da Saúde a assinatura, para posterior publicação no Diário Oficial da União. 

A regra obedece a recomendação da Controladoria-Geral da União (CGU) e acórdão do Tribunal de Contas da União (TCU). A entrega simbólica das novas ambulâncias para gestores de várias partes do país foi feita pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante cerimônia em Sorocaba no interior de São Paulo. Com a entrega das novas ambulâncias, os serviços de saúde de urgência e emergência melhoram as condições de socorro imediato nas localidades beneficiadas. 

Em todo o país, o Ministério vai entregar 419 novas viaturas. A medida renova parte da frota que já está em funcionamento e expande o atendimento a 66 novos municípios, que passam dos atuais 3.606 para 3.672. Do início de 2019 até agora, 207 municípios em 16 Unidades Federativas foram contempladas com outras 289 ambulâncias, já retiradas pelos gestores municipais, no valor de 54 milhões e 500 mil reais.

ADÉLIO PEDE TRANSFERÊNCIA PARA PERTO DA FAMÍLIA, MAS DEFESA TEME PELA VIDA DELE

Advogados disseram que agressor de Bolsonaro demostrou tristeza por não receber visitas de familiares, porém, optaram por deixá-lo em Campo Grande

Adélio Bispo de Oliveira
Reprodução
Adélio Bispo de Oliveira deu uma facada em Bolsonaro durante a campanha eleitoral

Em carta enviada aos advogados nos últimos dias, Adélio Bispo de Oliveira , o homem que esfaqueou Jair Bolsonaro, disse que está triste por ficar distante da família e que gostaria de ser transferido para algum presídío próximo a Montes Claros (MG), onde seus familiares vivem. No entanto, a defesa demonstra certa preocupação em uma transferência, alegando risco de Adélio ser assassinado dentro de uma penitenciária comandada por alguma facção criminosa.

“Ele me mandou uma carta esses dias atrás. Me pediu para ficar em um presídio mais perto da família, mas por questões de segurança dele, eu quero que ele receba tratamento no presídio federal. Eu falo: o Adélio vai morrer se for transferido para fora de um presídio federal. Vão matar o Adélio”, diz o advogado Zanone Manuel de Oliveira Júnior, que teve o pedido deferido para que o agressor seja mantido em Campo Grande ao menos até o julgamento da ação penal que responde pela facada.

A necessidade de manutenção da integridade física de Adélio já havia sido um dos motivos que embasaram a decisão que transferiu o agressor do Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp), em Juiz de Fora (MG), para a Penitenciária Federal de Campo Grande, dois dias após o atentado, em setembro de 2018. A defesa trabalha agora com a ideia de mantê-lo em Campo Grande (MS) até o final da pena, caso seja condenado. O local possui manicômio judicial para tratamento.

Preso há oito meses, Adélio quase não recebeu visitas dos advogados e familiares no período em que está acautelado. A última vez que Zanone esteve em Campo Grande foi no ano passado. Ele teve contato apenas com psiquiatras e psicólogos que fizeram diversos exames psicológicos, que atestaram transtorno delirante persistente .

A banca de cinco advogados que defendem o agressor comemorou a decisão da Justiça Federal que atestou que o autor da facada em Jair Bolsonaro sofre de transtorno delirante persistente, que o torna inimputável criminalmente .

“Eu fico feliz, mostra que não somos picaretas. Nosso trabalho é sério. O Brasil inteiro está torcendo contra a defesa. Não temos nada contra o Bolsonaro. Pelo contrário, torço para que ele guie o Brasil no caminho social. A defesa não está aqui para fazer chicana. Trabalhamos com ciência e provas, e elas estão no processo”, defende.

Os advogados chegaram a abrir mão da produção de provas, postulando pela absolvição sumária de Adélio, mas o pedido não foi indeferido pelo juiz Bruno Savino, responsável pelo caso na 3ª vara da Justiça Federal em Juiz de Fora (MG). Zanone afirma que a estratégia não muda com a imputabilidade.

O objetivo é a absolvição de seu cliente na ação penal e tratamento em um manicômio. Segundo ele, o resultado das avaliações de insanidade mental confirma o que disse nos últimos meses: seu cliente “é um doente e consegue conversar com Deus”.

Questionado sobre o movimento nas redes sociais sobre quem está financiando os cinco advogados que compõem a banca de defesa de Adélio Bispo , Zanone afirma que manterá a cláusula de confidencialidade até o fim.

“Essa pergunta, o nosso presidente vai se reeleger, vai terminar o segundo mandato, mas não vai descobrir quem é. Se a pessoa quer continuar com cláusula de sigilo, anonimato, o que eu recomendo, as ameaças que sempre foram direcionadas ao corpo jurídico do Adélio vão se voltar totalmente para essa pessoa. No fim, todos vão constatar que é uma pessoa do mundo religioso”, afirma.

Segundo Zanone, o financiador segue devendo parte dos honorários acordados no início do processo, e que não tem contato com ele há três meses. Perguntado se poderia deixar o caso pela falta de pagamento, o advogado diz que pretende ir até o fim nesse caso, independentemente do pagamento. “O que eu prometi eu vou cumpri até o final, independentemente de qualquer coisa”, conclui.



Fonte: Último Segundo - iG @ https://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2019-05-28/adelio-pede-transferencia-para-perto-da-familia-mas-defesa-teme-pela-vida-dele.html

MORRE UMA DAS GRANDES FIGURAS POPULARES DO RN: O POETA XEXÉU

xexeu

Municípios potiguares são ricos de histórias, lendas e personagens. Poetas populares crescem em cada recanto. A geografia, as tradições e as influências do tempo-hoje parecem moldar cada localidade com personalidade e culturas próprias. Em Santo Antônio do Salto da Onça não é diferente. Lá, a marca maior é a lenda do ‘salto da onça’, que empresta até o sobrenome ao município, mas uma figura popular se destaca pela simplicidade e pela grandiosidade poética: o poeta Xexéu, falecido hoje aos 81 anos.

José Gomes Sobrinho, o Xexéu, nasceu em 14 de maio e viveu na comunidade de Lajes, nos arredores de Santo Antônio. O caminho até sua casa de taipa, construída por ele 40 anos atrás é uma sucessão de lombadas pela estrada de terra. O acesso é complicado. Visitei sua casa em alguma data de 2013. Por lá ele ainda escrevia e ainda trabalhava na roça – atividade que desenvolveu desde criança. Além de versos que compõem mais de 400 cordéis, também era exímio tocador de rabeca e de viola.

Xexéu conheceu os maiores nomes da cultura nordestina: Patativa do Assaré, Luiz Gonzaga e Ariano Suassuna. Este último se declarava fã do poeta popular. Xexéu fumava e bebia, e pelo menos naquele ano, quando contava 75 anos, tinha filhos com menos de 5 anos, feitos “já com água por cima da boca”, como disse. Foram 20 ao todo, mas nove tinham morrido. Disse não ter feito “a matemática” de quantos netos tinha. Mas guardava na memória versos de dezenas de estrofes. E ainda se emocionava ao recitá-los.

O Rio Grande do Norte perde um verdadeiro patrimônio artístico e imaterial. Xexéu tem cacife para figurar entre os grandes poetas populares da história potiguar. Ainda não sei a causa de sua morte, apenas que morreu no hospital, em Santo Antônio. Que haja as reverências possíveis em seu sepultamento.


ENTIDADES APRESENTAM PLANO DE R$ 1 BI EM INVESTIMENTOS PARA O NORDESTE

Os presidentes de diversas confederações foram recebidos por Bolsonaro nesta terça-feira e manifestaram apoio à reforma da Previdência
(Recife - PE, 24/05/2019) Palavras do Governador de Pernambuco, Paulo Câmara.
Bolsonaro: o presidente realizou sua primeira visita ao Nordeste na semana passada (Marcos Corrêa/Flickr)

Entidades empresariais apresentaram hoje (28) ao presidente Jair Bolsonaro, em Brasília, uma proposta de trabalho, com investimentos de R$ 1 bilhão para a recuperação econômica e o desenvolvimento de pequenas cidades do Nordeste.

Os presidentes de diversas confederações foram recebidos no Palácio do Planalto e manifestaram apoio à reforma da Previdência proposta do governo federal.

Segundo o presidente da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, as confederações, pela maneira com que trabalham, podem fazer uma ação para melhorar um pouco o problema da pobreza do Nordeste, principalmente no meio rural.

“O presidente [Bolsonaro] está com um projeto para cidades acima de 50 mil habitantes e nós nos propusemos a trabalhar naquela cidades mais pobres, do homem do campo, que são 14 milhões de pessoas que vivem no meio rural do Nordeste”, disse.


Entre as ações que podem ser executadas, Martins citou a capacitação de jovens e de profissionais de saúde e a modernização dos meios de trabalho, além de tornar mais competitiva a atividade de pequenos produtores e comerciantes.

O presidente da CNA explicou que os recursos são adicionais aos que as entidades já investem na região. A proposta deve ser entregue em breve ao ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que, segundo Martins, vai alinhar os projetos das entidades ao que já foi anunciado pelo governo para o Nordeste.

Na última sexta-feira (24), o presidente Bolsonaro fez sua primeira visita oficial à região e apresentou o Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste, da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), a ser implementado em quatro anos, a partir de 2020, em 41 cidades e nas nove capitais da região.

O documento tem como aposta estratégica o fortalecimento das redes de cidades intermediárias com áreas de influência que possam crescer economicamente.

Ele será encaminhado até agosto ao Congresso Nacional para tramitar em conjunto com o Plano Plurianual da União, que define o planejamento de longo prazo das ações do governo federal.
Reforma da Previdência ganha mais apoio

No encontro desta terça-feira, no Palácio do Planalto, os presidentes das entidades empresariais também entregaram uma carta em apoio à reforma da Previdência proposta pelo governo, em tramitação desde fevereiro na Câmara dos Deputados.

No documento, as entidades afirmam que a reforma é indispensável para o destravamento de investimentos públicos e privados e que confiam no bom senso do Congresso Nacional para aprovar uma Previdência justa e sustentável.

Para os empresários, a estrangulação fiscal do Estado, provocada pelo modelo atual das aposentadorias, é a principal causa da estagnação econômica do país.

“As entidades empresariais vêm enfrentando ainda os desafios de um tempo de aceleradas transformações tecnológicas e mudanças socioeconômicas mundiais. Tudo isso leva-nos à certeza de que o país não pode mais prescindir de uma Nova Previdência, base para outras iniciativas modernizadoras, que confiamos serão propostas no tempo certo. Só assim será possível reduzir o Custo Brasil e assegurar a segurança jurídica indispensável à atração de investimentos e à ação empreendedora”, diz a carta.

Assinam o documento os presidentes da CNA, João Martins; da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, José Tadros; da Confederação Nacional da Comunicação Social, Gláucio Binder; da Confederação Nacional das Cooperativas, Márcio de Freitas; da Confederação Nacional da Indústria, Paulo Ferreira, em exercício; da Confederação Nacional da Saúde, Breno Monteiro; da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização, Márcio Coriolano; da Confederação Nacional dos Transportes, Vander Costa; e da Confederação Nacional das Instituições Financeiras, Sergio Rial.

ACORDÃO PODE REUNIR FÁTIMA, VIVALDO, NELTER, BIBI, ROBERTO GERMANO E OUTROS NO MESMO PALANQUE NA ELEIÇÃO MUNICIPAL DE CAICÓ



Cheirinho de 'acordão' no ar na política de Caicó...
O que a esquerda sempre combateu, pode se tornar realidade na eleição municipal de 2020.

Aliados a nível estadual e local da governadora Fátima Bezerra(PT), os deputados Vivaldo Costa (PSD) e Nélter Queiroz(MDB), poderão dividir o mesmo palanque na disputa pela prefeitura de Caicó.

A informação foi repassada nesta terça-feira(28), pelo ex-deputado Fernando Mineiro em entrevista à Rádio 106fm de Caicó, quando afirmou que "as discussões sobre o pleito do próximo ano no município passa pela união de aliados da governadora em Caicó."

Palanque robusto

Além do PT da governadora Fátima Bezerra, Vivaldo e Nélter, o palanque ainda pode atrair o deputado federal João Maia(PR); os ex-prefeitos Roberto Germano e Bibi Costa; o atual vice-prefeito Marcos do Manhoso e o PCdoB do ex-candidato a prefeito João Braz.

De Tales Vale
Nos Bastidores da Política

quarta-feira, 29 de maio de 2019

STJ DETERMINA SOLTURA DE EX-SERVIDORA SUSPEITA DE CHEFIAR ESQUEMA DE 'FANTASMAS' NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO RN

Ana Augusta Simas Aranha Teixeira de Carvalho estava detida, por determinação do TJRN, desde a semana passada. Ministra Laurita Vaz substituiu prisão preventiva por medidas cautelares.

Por G1 RN

Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte; — Foto: ALRN/Divulgação

A ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), determinou a a liberação da ex-chefe do gabinete da Presidência da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ana Augusta Simas Aranha Teixeira de Carvalho, presa preventivamente na semana passada por determinação do Tribunal de Justiça do estado. Ela foi investigada pelo Ministério Público por supostamente comandar um esquema de desvio de dinheiro dentro do órgão, usando “servidores fantasmas”. A ex-servidora havia já havia sido presa e foi liberada dias depois, no ano passado.

A decisão da ministra, que é relatora do caso no STJ, é desta segunda-feira (27).

Ana Augusta Simas é primeira-dama do município de Espírito Santo, no interior potiguar e foi o principal alvo da Operação Canastra Real, deflagrada pelo MP no dia 17 de setembro de 2018. Ela foi exonerada da chefia do Gabinete da Presidência da AL nove dias após a ação.

Na terça-feira (21), Câmara Criminal do TJ decidiu por maioria de votos pela prisão dela. “A acusada, mesmo sabendo que estava sendo investigada, manteve a prática delituosa, em menosprezo às leis, o que durou cerca de dois anos e desviou mais de dois milhões de reais. E como o Estado não tem condições de fiscalizar o alcance do delito, diante de existirem vários envolvidos, entendo que as medidas cautelares não são suficientes para assegurar a devida investigação”, apontou o desembargador Glauber Rêgo.

“Mas, não estamos condenando ou absolvendo ninguém. Esse entendimento, ao qual me acosto, é apenas para assegurar o devido andamento da Ação Penal”, acrescentou o desembargador Gilson Barbosa, presidente da Câmara.

Ministra discorda

Entretanto, a defesa da ex-servidora recorreu ao STJ. Em decisão monocrática, a relatora do caso concedeu o pedido de habeas corpus por considerar que, uma vez que foi exonerada do cargo, Ana Augusta já não pode prosseguir com as práticas delituosas na Assembleia.

"Do mesmo modo, o argumento do alegado poder político da investigada sobre os demais em razão de serem 'dependentes economicamente para com a mesma, em decorrência do vínculo empregatício' também falece quando verificado que as pessoas mencionadas pelo Parquet como possuidoras de novos vínculos de trabalho no município do Espirito Santo/RN, após as suas saídas da ALRN, obtidos, supostamente, pela influência da investigada, tampouco persistem, dadas as exonerações acima destacadas".

"Em sendo assim, não há demonstração satisfatória de que outra medida cautelar não supriria os receios do Ministério Público com relação à presente investigação reforçando-se que a prisão preventiva não serve como meio de averiguação ou como meio de prova para o deslinde de delitos, tampouco como punição antecipada", considerou a ministra.

Por isso, a ministra decidiu substituir a prisão preventiva por outras medidas cautelares, como comparecimento a todos os atos do processo a que for intimada; proibição de acesso ou frequência à Assembleia Legislativa; proibição de ausentar-se do estado sem autorização prévia da Justiça; proibição de manter qualquer tipo de contato (pessoal, telefônico, eletrônico, como e-mails, redes sociais, etc - ou mesmo através de outras pessoas) com os denunciados.

O G1 tentou entrar em contato com o advogado Flaviano Gama, responsável pela defesa de Ana Augusta, mas não teve as ligações atendidas.

Ana Augusta Simas, investigada na Operação Canastra Real, também foi presa na deflagração da operação, ano passado — Foto: Vinícus Veloso/Tribuna do Norte

Esquema fraudulento

A investigação apurou um esquema que teve início em 2015 e desviou mais de R$ 2 milhões em recursos públicos na Assembleia Legislativa Rio Grande do Norte. De acordo com o Ministério Público, os envolvidos na fraude se utilizava de servidores fantasmas, que também foram exonerados recentemente, para cometer os crimes.

Ao todo, oito pessoas foram presas. O marido da acusada, Fernando Luiz Teixeira de Carvalho, prefeito de Espírito Santo, também foi detido na época, mas por porte ilegal de arma de fogo. A operação cumpriu seis mandados de prisão e 23 de busca e apreensão nas cidades de Natal, Espírito Santo, Ipanguaçu e Pedro Velho.

Ainda segundo as investigações, o esquema fraudulento foi iniciado quando Ana Augusta Simas começou a indicar pessoas para ocupar cargos na ALRN. A então chefe do Gabinete da Presidência dava o próprio endereço residencial para constar nos assentos funcionais e nos cadastros bancários dos servidores fantasmas por ela indicados.

Cinco dos presos na operação são ex-assessores técnicos da Presidência da Assembleia que foram indicados por Ana Augusta, e que tinham altos salários na Casa, embora não possuíssem nível superior.

Dama de Espadas

Os crimes investigados na operação Canastra Real são semelhantes aos apurados na operação Dama de Espadas, deflagrada pelo MPRN em agosto de 2015. Na Dama de Espadas, havia a inserção de servidores fantasmas na folha de pagamento da Casa Legislativa, seguida da expedição de 'cheques salários' em nome dos servidores, sendo sacados por terceiros não beneficiários, com irregularidades na cadeia do endosso ou com referências a procurações inexistentes ou não averbadas na ficha cadastral bancária do cliente.

No caso da Canastra Real, dos ex-servidores residentes em Espírito Santo, pelo menos em alguns meses, os saques – sempre feitos na agência bancária na ALRN – eram realizados por eles próprios.

POLÍCIA CIVIL PRENDE CASAL E FECHA ‘FÁBRICA DE ANABOLIZANTES’ NA CAPITAL DO ESTADO


Anabolizantes e insumos usados para fabricação dos produtos foram apreendidos durante a Operação Hipertrofia, na Zona Norte de Natal — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Uma operação da Delegacia Especializada de Narcóticos (DENARC) prendeu um casal e fechou um laboratório clandestino para fabricação de anabolizantes, na manhã desta quarta-feira (29), na Zona Norte de Natal.

A Operação Hipertrofia foi deflagrada para cumprir dois mandados de prisão preventiva e um de busca e apreensão, justamente contra o homem e a mulher, ambos com 24 anos de idade. Além dos mandados, ele foram presos em flagrante por crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e crime contra a saúde pública.

Segundo a DENARC, a operação foi resultado de uma investigação que começou no início do ano, quando foram apreendidas, na sede dos Correios, em Natal, várias caixas com substâncias anabolizantes que seriam enviadas aos compradores que moram em outros estados.

Na casa onde os mandados foram cumpridos, os policiais encontrados vários insumos, matérias-primas, frascos e etiquetas com marcas da empresa clandestina gerenciada pelo casal, destinados à fabricação de anabolizantes. Também já havia produtos prontos para a venda.

De acordo com a delegacia, esse é o segundo laboratório clandestino de fabricação de anabolizantes fechado nos últimos três meses.

NELTER QUEIROZ SUGERE REMANEJAMENTO DE MILITARES COMO FORMA DE AUMENTAR POLICIAMENTO DAS RUAS

A ação do parlamentar Nelter Queiroz foi motivado em decorrência da insegurança vivida no Rio Grande do Norte, principalmente na região do Seridó. ( Foto: Assessoria )
Durante pronunciamento realizado na sessão plenária da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, nesta terça-feira (28), o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) voltou a propor ao Governo do Estado que aumente o efetivo policial nas ruas a partir de um remanejamento provisório de militares destacados nas polícias de trânsito, ambiental e cavalaria, enquanto policiais aprovados em concurso não são convocados.

O pronunciamento do parlamentar foi motivado em decorrência da insegurança vivida no Rio Grande do Norte, em especial, aos crimes ocorridos nos municípios de Assú, onde assalto foi realizado ontem a luz do dia; e em Ouro Branco, onde, na manhã de hoje, criminosos explodiram carro forte na rodovia que liga o município a Jardim do Seridó.

Queiroz também apontou a insegurança vivida no município de Caicó e mostrou sua indignação em relação à ação de criminosos que continuam vitimando pessoas de bem no Estado, bem como a apreensão de motocicletas – por parte da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) – que serão beneficiadas pela lei nº 10.507/2019. A lei em questão autoriza o Rio Grande do Norte a conceder remissão de crédito tributário relativo ao IPVA para motos de até 150 cilindradas.

“A população está apavorada pela quantidade de assaltos e crimes. Aqui faço um apelo para que a governadora Fátima faça um remanejamento provisório de militares das polícias de trânsito, ambiental e cavalaria para que eles possam ser direcionados às ruas, dando mais segurança e cidadania à nossa população”, sugeriu Nelter.

Por fim, Nelter Queiroz também criticou a ação recente da PRE no município de São Vicente, onde policiais de trânsito apreenderam diversas motocicletas de funcionários das empresas têxteis existentes no município, que teriam suas situações regularizadas após o dia 10 de junho com a vigência nº 10.507/2019.

PF MIRA EM FRAUDES DE R$ 38 MILHÕES EM AUXÍLIO-RECLUSÃO NO AMAPÁ

O auxílio-reclusão é um benefício concedido aos dependentes do preso que seja segurado do INSS somente durante o período de sua detenção. ( Foto: © iStock )  Por Julice Gomes
A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta quarta-feira, 29, no Amapá, a segunda fase da Operação Ex Tunc, para desarticular um grupo que fraudava a concessão de auxílios-reclusão no Estado. Estima-se que o esquema causou um dano de R$ 38 milhões aos cofres públicos.

O auxílio-reclusão é um benefício concedido aos dependentes do preso que seja segurado do INSS somente durante o período de sua detenção. Agentes cumprem 150 mandados judiciais em Macapá, Santana e Ferreira Gomes. São 30 ordens de prisão e 120 de busca e apreensão.

A 4ª Vara da Justiça Federal no Amapá determinou ainda o sequestro e indisponibilidade de valores e bens móveis e imóveis.

As atividades são um desdobramento da operação Ex Tunc, deflagrada em junho de 2016, para apurar fraudes em documentos para a obtenção de auxílio-reclusão e pensão por morte junto ao Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).

A investigação indicou que nos processos de concessão dos benefícios havia datas alteradas, falsa situação prisional, inexistência de vínculo entre instituidor e o dependente e ausência de contribuição ao INSS.

O esquema contava com a participação de servidores públicos, advogados, presos e ex-presidiários, segundo a PF.

Levantamentos preliminares da Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária (COINP) indicam que, apenas em relação a uma amostragem dos benefícios investigados, que foram pagos de forma retroativa, houve um prejuízo de mais de R$ 12,5 milhões.

A Polícia Federal estima que o dano aos cofres públicos ultrapassa R$ 38 milhões.

Os investigados podem responder pelos crimes de estelionato contra o INSS, falsificação e organização criminosa. Se condenados, poderão cumprir pena de até 21 anos de reclusão.

A ação é decorrente do trabalho da PF em conjunto com o Ministério Público Federal, a Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária (COINP) e o Batalhão de Operações Especiais no Estado (BOPE/AP).

ANVISA PROÍBE VENDA DE PAÇOCA POR ALTO TEOR DE SUBSTÂNCIA CANCERÍGENA

Lote do produto continha teor acima do limite de aflatoxinas; interdição vale para todo o território nacional.

O Estado de S. Paulo

Anvisa proíbe venda de paçoca por alto teor de substância cancerígena
Teste detectou alto teor de aflatoxinas, substâncias tóxicas Foto: GUI GOMES/ESTADAO

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou nesta segunda-feira, 20, um lote de paçoca rolha da marca Dicel, produzida em Goiânia (GO). Os produtos interditados excediam o limite permitido de aflatoxinas, substâncias tóxicas produzidas por fungos que podem causar câncer.

Segundo a resolução, o lote 0027, fabricado em 18 de novembro do ano passado, com validade até 18 de novembro deste ano, estava impróprio para o consumo. O alimento é distribuído pela Indústria e Logística Westhonklauss Constante Ltda.

O laudo do Laboratório de Análise Micotoxicológicas, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, atestou teores de aflatoxinas acima do limite máximo tolerado para amendoim com casca, descascado, cru ou tostado, pasta de amendoim ou manteiga de amendoim.

A interdição vale para todo o território nacional.

Por e-mail, a empresa disse que recebeu com surpresa a informação de que um dos produtos da Dicel está fora de conformidade e que não foi notificada pela Anvisa. A Dicel informa, ainda, que prima pela qualidade de sua linha de produtos e que seguirá as devidas orientações da Anvisa.

ALUNOS DENUNCIAM "FACILIDADES" EM TESTES PRÁTICOS DO DETRAN



O Ministério público do Rio Grande do Norte precisa voltar seus olhos para o Departamento Estadual de Trânsito.
A questão dessa vez não é relacionada ao novo modelo de placas, que já foi alvo do MP anteriormente.
O ponto chave a ser investigado deve ser a turma que aplica a prova prática de carros motos, caminhões e ônibus.
Muitas auto-escolas em Natal, oferecem clandestinamente facilidades para alunos serem "aprovados" nos testes.


Denúncias chegam ao blog, inclusive print de conversas no WhatsApp.
O MP precisa atuar para analisar se existe relação entre os proprietários de auto-escolas e servidores do Detran.

Por se tratar de indícios, não vamos expor nomes de empresários, mas fica o alerta ao MP.
Estamos de olho!

 

segunda-feira, 27 de maio de 2019

GABRIEL DINIZ MORRE EM QUEDA DE AVIÃO


O avião que transportava o cantor sertanejo Gabriel Diniz caiu na tarde desta segunda-feira (27), no litoral de Sergipe. De acordo com informações da Record TV, a assessoria de imprensa do cantor confirmou que se tratava da aeronave que ele estaria. 

O cantor sertanejo se destacou no Carnaval deste ano com a música "Jenifer". A assessoria de imprensa do cantor informou que ele estava na aeronave, mas, até o momento, não foi encontrava nenhuma vítima. 

No local do acidente foram encontradas fotos de documentos de Gabriel Diniz. Segundo informações, três pessoas foram encontradas mortas no local em que o avião caiu, mas ainda não foram identificadas.


R7

VEREADORA DE ANGICOS-RN, KÁTIA DE DEDA E MORADOR DO ALTO DA ALEGRIA GRAVAM VÍDEO RECLAMANDO DO SERVIÇO MAL FEITO DO CALÇAMENTO:




UMA VERGONHA!!!

Visitamos a Rua Cícero Batista, no alto da alegria, onde recebemos várias reclamações de moradores e cidadãos que utilizam esse trecho; há quase 02 anos que tudo isso iniciou com um buraco pequeno e com o tempo chegou a ficar nessa situação. O descuido do Prefeito e do Secretário de Obras foi o que mais contribuiu para que a situação chegasse a esse ponto, uma área intransitável, causando prejuízo aos motoristas e risco de acidentes aos pedestres.



Entrei com a indicação n° 008/2019 - solicitando que o Sr. Prefeito Recupere p calçamento da Rua Cícero Batista.

#VereadoraKatiadeDeda
#MandatoParticipativo
#AVozdoPovo
#JuntosSomosMaisFortes

O uso da imagem e áudio foram autorizados.

https://www.instagram.com/p/Bx9zKz5BHhCtAcq_UbFHMdrjwm43ZPp8A2f6Hg0/?igshid=1axrsjdd5bb9f

ANGICOS: PREFEITO NÃO CONCLUI OBRAS E MORADORES RECLAMAM EM VÍDEO OS TRANSTORNOS NO BAIRRO MONSENHOR PINTO.


Moradores em vídeo pedem que sejam resolvidas as obras paradas, pois o que seria motivo de felicidade acabou por se converter em transtorno, já que o prefeito do município de Angicos Deusdete Gomes, vulgo “Marcha lenta” não deu conta de concluir o calçamento e a reforma do campo de futebol do bairro Monsenhor Pinto.



A situação piorou os esgotos agora se acumulam dentro do Campo de Futebol, eles reclamam do MAU CHEIRO, eles disseram, que procuraram o prefeito não conseguiram falar com ele, o gestor não quer receber ninguém. Os transtornos só aumentam.

sexta-feira, 24 de maio de 2019

OPERAÇÃO ALVARÁ DO MPRN PRENDE SERVIDOR DA JUSTIÇA E ADVOGADO


Advogado foi preso em Goianinha quando tentava sacar mais de R$ 100 mil — Foto: Divulgação/Arquivo/MPRN

Uma operação do Ministério Público prendeu um advogado e um servidor do Poder Judiciário potiguar nesta quinta-feira (23) na cidade de Goianinha, na Grande Natal. O advogado foi preso em flagrante no momento em que tentava sacar R$ 107.485,00 de uma conta judicial em uma agência bancária da cidade. Detalhe: a assinatura do juiz havia sido falsificada.

Após a prisão, o MP apurou que o golpe estava sendo cometido em conluio com o servidor do Poder Judiciário. Os dois estão presos preventivamente.

O servidor preso é concursado da Prefeitura de Tibau do Sul, e estava cedido ao Poder Judiciário, prestando serviço no fórum da cidade. Pelo que foi apurado, o advogado, de posse de um alvará judicial, tentou sacar os mais de R$ 100 mil da conta bancária. O golpe não foi aplicado porque o gerente do banco suspeitou da assinatura do juiz, que constava no documento.

O bancário telefonou para o fórum da cidade. Quem atendeu o telefonema foi o servidor, que ainda confirmou que o documento era verdadeiro. Mesmo assim, o gerente continuou suspeitando da assinatura e foi pessoalmente ao Fórum, confirmando com o juiz local que a assinatura que constava no documento era falsa. A Polícia Civil foi acionada e prendeu o advogado em flagrante.

O MP foi acionado e conseguiu comprovar que o golpe foi planejado e executado pelos envolvidos. O servidor chegou a fugir. Diante das provas levantadas, o MP, com apoio policial, cumpriu mandados de busca e apreensão nas casas dos dois, no escritório de advocacia e no Fórum de Goianinha. O MP prendeu o servidor em atendimento ao mandado de prisão preventiva expedido contra ele.

A investigação agora apura se outros golpes semelhantes foram aplicados anteriormente, e se há envolvimento de outros agentes públicos.

O MPRN conta com o Disque Denúncia 127 para recebimento de informações sobre cometimento de crimes. Basta o cidadão ligar gratuitamente. A identidade da fonte será preservada. Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por Whatsapp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para denuncia@mprn.mp.br. Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. No Whatsapp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas.

ARIANO SUASSUNA É PRESO SOB ACUSAÇÃO DE SER MATADOR DE ALUGUEL EM PATU E REGIÃO



Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) prenderam em flagrante Ariano Suassuna de Souza, 43 anos, na manhã desta sexta-feira (24), em Patu. Ele foi preso com armas e munições.

Ariano Suassuna foi preso em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo, durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão. Com eles, os policiais apreenderam uma espingarda calibre 12, um revólver calibre 38 e diversas munições.

Ariano Suassuna é investigado pela Polícia Civil por envolvimento na prática de homicídios, cometidos mediante pagamento, na região.