Seguidores

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

UFERSA PARTICIPA DE CAMPANHA DE PREVENÇÃO AO SUICÍDIO


Campanha Setembro Amarelo alerta para prevenção do suicídio


A exemplo do ano passado (2016), a Universidade Federal Rural do Semi-Árido adere à Campanha Setembro Amarelo, voltada para a prevenção do suicídio. A iniciativa objetiva sensibilizar a comunidade acadêmica, bem como toda a sociedade para esse grave problema de saúde pública. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), anualmente o suicídio é a causa da morte de mais de 800 mil pessoas no mundo, com tendência de aumento até 2020, com a estimativa de ultrapassar 1 milhão de mortes anuais. Com esses números, o suicídio encontra-se entre as três principais causas de morte em indivíduos com idade entre 15 e 29 anos no mundo. O Brasil é um país com taxas crescentes, apesar da escassez de indicadores epidemiológicos, corresponde a mais de 5% das mortes por causas externas.

A Campanha Setembro Amarelo na Ufersa é uma ação conjunta da Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (Proae) e da Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (Progepe), e se estenderá durante todo o mês com atividades centradas na prevenção ao suicídio no ensino superior. A campanha se justifica pelo risco eminente a vida e o alto impacto psicossocial, de saúde e econômico causado. A prevenção do suicídio é considerada um imperativo global. Neste foco, o Setembro Amarelo surgiu como uma campanha de ações educativas relacionadas ao conhecimento e à prevenção do suicídio.

A ação envolverá a distribuição de faixas educativas sobre suicídio nos quatro campi da Ufersa e a exibição de vídeos de conscientização sobre o tema. Os vídeos foram gravados com discentes e servidores da instituição e abordarão temas relacionados ao aumento no número de casos de suicídio, sendo eles: assédio moral e sexual, pressões sofridas no contexto universitário e a agressão social contra pessoas LGBTTI+.

No dia 06 de setembro de 2018, às 14h, acontecerá no Auditório Amâncio Ramalho, Campus de Mossoró, o lançamento oficial dos vídeos, seguido de uma mesa redonda com o tema: Saúde mental, suicídio e universidade. A mesa será composta por servidores da Ufersa que trabalham com saúde mental, visando um olhar interdisciplinar sobre o suicídio. Participarão dessa atividade os seguintes profissionais: João Mário Pessoa Júnior, enfermeiro e professor do curso de medicina; Lázaro Fabrício de França Souza, sociólogo e professor do curso de medicina; Francisco Wilson Nogueira Holanda Júnior, psicólogo e, Janaína Maria Silva Holanda, assistente Social.

De acordo com Wilson Júnior, psicólogo da Ufersa Angicos, o suicídio é na maior parte das vezes potencialmente evitável, sendo a educação e a prevenção desse evento um dos primeiros meios de diminuir o risco de ocorrência. “O comportamento suicida é multifatorial quanto à causa, envolvendo fatores tais como predisposição genética, fatores neurobiológicos, presença de transtornos mentais, estressores psicossociais e contexto socioeconômico do indivíduo, e pode ser conceituado desde a ideação suicida até o planejamento e a tentativa suicida e, no pior desfecho, o suicídio”, afirma Wilson Júnior.

A participação na mesa redonda é gratuita e haverá emissão de certificados. Podem participar discentes, servidores e comunidade externa. Os interessados devem se inscrever pelo SIGAA em eventos de extensão. Em caso de dúvida, veja o TUTORIAL para saber como realizar sua inscrição. Conheça mais sobre a prevenção e a educação sobre o suicídio navegando no site: http://www.setembroamarelo.org.br/. Torne-se um agente de mudança. Participe dessa campanha!

PSICOLOGIA – O Serviço de Psicologia da Ufersa está à disposição dos estudantes e servidores nos quatro campi e desenvolve ações como: plantão psicológico, orientação de estudos, escuta e orientação psicológica, atividades de prevenção e promoção à saúde, grupos de apoio, rodas de terapia, orientação aos discentes, docentes e familiares dos estudantes; apoio a atividades pedagógicas; visitas domiciliares; acompanhamento nas moradias estudantis; execução do Programa Institucional Permanência da Universidade, desenvolvimento de estudos e pesquisas e encaminhamentos à rede de serviços.

Para participar das atividades desenvolvidas pelo Serviço de Psicologia, os interessados devem entrar em contato com o setor responsável em cada campus.


Assecom

Nenhum comentário: