Seguidores

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

POLICIAIS MILITARES SÃO SUSPEITOS DE MATAREM LUIZ BENES, E VÃO RESPONDER A PROCESSO ADMINISTRATIVO E CRIMINAL


Será aberto inquérito criminal e processo administrativo pelas polícias Civil e Militar nesta quinta-feira 16, para apurar de onde partiram os tiros da arma que baleou Luiz Benes, na perna e nas costas, e quem foram os responsáveis. 

Luiz Benes, 16 anos, foi feito refém enquanto buscava um documento no carro do seu pai o ex-prefeito de Lajes Benes Leocadio e levado por criminosos, da Av. Romualdo Galvao. A perseguição entre a polícia e os bandidos, ocorreu na Avenida Moema Tinoco, durante a troca de tiros o adolescente foi baleado nas costas e na perna direita. Benes Junior, foi socorrido para a UPA do Pajuçara, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu ainda na ambulância. 

Um marginal de 17 anos, também morreu e estava em regime aberto. O outro bandido, também menor de idade, foi preso. De acordo com o perito do ITEP, as balas foram de “fora do veículo”, para dentro. Os marginais estavam com armas, dinheiro e joias de outros roubos. 

Nenhum comentário: