Seguidores

sexta-feira, 18 de maio de 2018

GASOLINA PODE ULTRAPASSAR R$ 4,50 EM NATAL

CONSUMIDOR

Em menos de uma semana, o preço do litro da gasolina e do óleo diesel nas refinarias foi reajustado pela Petrobras quatro vezes. O novo aumento passou a vigorar à meia noite desta sexta-feira, 18. Às distribuidoras, a estatal passou a cobrar R$ 2,0407 pelo litro da gasolina e R$ 2,3302 pelo litro do óleo diesel. O acréscimo deverá ser repassado aos consumidores, mas o Sindipostos/RN não comenta o assunto. Nos postos de combustíveis, o valor de um litro de gasolina, por exemplo, chegou aos R$ 3,49 nesta quinta-feira, 17, em Natal. A expectativa é que nesta sexta-feira, 18, esse valor supere a casa dos R$ 4,50.


Oscilação do custo do barril de petróleo no mercado internacional reflete nos preços cobrados pela Petrobras às distribuidoras A oscilação do preço do litro do petróleo no mercado internacional tem refletido negativamente nos custos dos combustíveis no Brasil. A nova política de precificação adotada pela Petrobras desde julho do ano passado com base nessa política mercadológica é alvo de críticas não somente de consumidores, mas de donos de postos de combustíveis em todo o País. Nesta quinta-feira, o preço do barril de petróleo registrou nova alta fecharam sem direção única. 

Isso ocorreu à medida que investidores colocaram na balança diferentes sinalizações sobre os efeitos sobre a commodity da reinstauração de sanções dos Estados Unidos contra o Irã após a saída americana do acordo nuclear internacional com esse país. Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do WTI para junho fechou estável, a US$ 71,49. Já o petróleo Brent para entrega em julho comercializado na Intercontinental Exchange (ICE) teve alta de 0,03%, a US$ 79,30 o barril, após tocar a máxima de US$ 80,50 ao longo da sessão. 

A parte final da sessão desta quinta-feira transcorreu sob a influência da repercussão na mídia internacional da possibilidade de a União Europeia pôr em curso um processo que proibiria empresas e tribunais do bloco de cumprir as sanções de Washington contra Teerã. A notícia fez os contratos em ambos os lados do Atlântico desacelerarem a alta consistente sustentada até então, levando a cotação do petróleo WTI a virar para o campo negativo.

Nenhum comentário: