Seguidores

quarta-feira, 11 de abril de 2018

VOCÊ É JORNALISTA OU FOFOQUEIRO? CUIDADO COM O QUE ESCREVE



Se você pensa que é jornalista e vive defendendo seu "pão" com futilidades agredindo as pessoas com palavras perdidas mal explicadas pela cegueira do ódio, você está invisível na profissão. Quem tem a informação tem o poder, sinto muito! Você perdeu a chance de dar um "furo". A fofoca, a maledicência, a conversa fiada, o rancor, a inveja, o sadismo, existem porque você existe. 

Aprenda a redigir um texto com clareza aqui com um aprendiz. Esqueça o "lixo" que você produz para seus leitores eles não merecem, "aquilo" não é nada divertido, você não se preparou. Qual uso você faz da sua vida na atual gestão municipal? A busca por uma "ninharia" não é? Ou vais-me dizer que tú tens amor por eles? Você é só mais um que se faltar hoje, não fará falta amanhã. 

Seu comportamento, como indivíduo, por vezes me parece de um selvagem. Onde está sua crença, seus valores aprendidos, aprovados e ensinados socialmente, o que sua esposa pensa do seu comportamento agressivo com as mulheres como jornalista local? Você se acha esperto, rápido, mas não é engraçado e não é corajoso, mas não para de fazer vítimas no seu Blog das "tragédias cegas". Pensei que, tendo uma ferramenta de difusão instantânea de notícias, de ideias, sendo como diz ser, jornalista, prezasse pelo respeito a Classe não se envolvendo com boatos e agressões. Errei! Que me sirva de aprendizado, e que vosmicê da próxima vez desenvolva com clareza a confusão das palavras escritas a base da fúria. 

By Mosar


Nenhum comentário: