Seguidores

segunda-feira, 16 de abril de 2018

ANGICOS: SECRETÁRIA DE SAÚDE VAI A CÂMARA MUNICIPAL, NÃO RESPONDE OS 'NÚMEROS' E MAIS UMA VEZ NÃO CONVENCE


A Secretária de Saúde de Angicos Nataly Felipe esteve sexta -feira (13) à noite em Sessão da Câmara Municipal para prestar conta dos últimos 4 meses de seu trabalho junto a Pasta. A secretária fez um longo discurso na Tribuna, falou que não tem nenhuma cidade vizinha que tem o que tem em Angicos. Falou da sua vida e ao final fez um pedido; disse que ficaria muito feliz se os vereadores acatassem sua vinda mensalmente ou quadrimensalmente, que teria o maior prazer de comparecer aquela Casa em qualquer data. Confuso isso...

Ao descer da Tribuna foi convocada a responder perguntas, e resistiu declarando que não estava nos seus planos ser sabatinada. A vereadora Kátia de Deda (PSD) lembrou que no requerimento solicitando a vinda da secretária, na ultima linha estava escrito; ""entre outros assuntos". A secretária disse que só iria responder o que soubesse. Nataly não conseguiu responder em números, portanto, mais uma vez a população continua sem informações. A boa notícia, é a vinda de um médico para o PSF Alto da Esperança informado por ela. 

Um momento patético do debate foi a resposta óbvia da secretária que respondeu para Kátia de Deda; "se não tinha o médico, o médico não foi pago colega vereadora". Nataly tentou, mas os números não saíram, por exemplo; o gasto com combustível não foi informado, ela não sabe quais são os veículos da Saúde. A Secretaria de Saúde é a que mais recebe dinheiro no municipio, é possível saber alguns números no Portal da Transparência, mas isso não basta. 

A secretária disse ainda que tá tudo bem, que ela é uma mulher muito honesta e humilde, mas que erra. Diz isso mas não aceita ser fiscalizada, não detalha sua prestação de contas porque hora se ampara na Lei, outra hora tenta passar a imagem de uma indulgente bem-intencionada, democrática e colaboradora. 

Lamentavelmente, tudo tem um preço, alguém tem que pagar a conta, nesse caso, o povo paga e fica com o prejuízo que se transforma em sofrimento, enquanto a "dona" do poder faz o que bem entende, fala o que quer, quando quer, e para quem quer.

Verdadeira EMBROMAÇÃO!

Nenhum comentário: