Seguidores

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

ANGICOS TEM UMA POPULAÇÃO ARREPENDIDA DO VOTO

Resultado de imagem para eleitor arrependido

Todos os dias encontro pessoas na rua me pedindo para noticiar algum mal feito deixado pelo atual prefeito de Angicos. Na manhã de hoje, conversei com moto-taxistas na porta da farmácia São Pedro dos amigos Geysa e Roberto Carlos. Eles me contavam sobre o abandono da obra do mercado municipal. De fato, o prefeito não dá satisfação a população sobre a retomada da obra, pessimistas acreditam que esse prefeito não conclui a reforma.

Estive na farmácia em busca de medicamentos. Ao sair de lá segui em direção ao restaurante da "Galega" e fui abordado pelo relojoeiro me pedindo pra fazer uma reportagem e colocar na TV no jornal, etç (kkk). Segundo ele, para ver se alguma autoridade tome providência e termine o mercado porque ele trabalha lá dentro, e, enquanto não fica pronto ele é obrigado a trabalhar numa calçada ao sol.

A cidade tem problemas na saúde, falta médicos desde o ano passado. Todos os dias minha esposa peregrina em busca de medicamentos que não chegam. Quando ela encontra a secretária de saúde ouve a desculpa de que a compra dos medicamentos está em licitação. Aliás, são licitações "eternas" nas mãos de servidores coadjuvantes. 

O prefeito é um propagador de mentiras, suas pequenas obras como o tapa-buraco do bairro Alto da Alegria realizado em novembro se desfez com as poucas chuvas. A cidade está cheia de ruas "fantasmas", a população tem medo de sair de casa a noite. O prefeito Deusdete Gomes (PSDB) desprezou a policia no inicio do seu mandato, na vontade de fazer melhor com uma central de monitoramento eletrônico que fracassou. As policiais civil e militar estão realizando seu trabalho mesmo sem apoio.

A cidade de Angicos não produz praticamente nada, a feira-livre teve um desfecho que surpreendeu a população pela arrogância do prefeito em expulsar do centro da cidade os feirantes, porque ele é quem manda! Os feirantes graças a empresários e a população se superaram conseguindo um lugar mais próximo para os clientes fazerem as compras. 

As pessoas que se queixam da escuridão, lixo, mercado, insegurança, médicos, medicamentos, são eleitores cobrando o voto, e que hoje estão arrependidas. Esse é um ano de eleição, é tempo de compensar o arrependimento, de terem perdido o voto, é tempo de aprender. Afinal, é errando que se aprende mesmo. O povo deve está atento para mudar os políticos toda vez que eles não atenderem os desejos e as necessidades da população.

Por: Mosar

  

Nenhum comentário: