Seguidores

sábado, 13 de janeiro de 2018

ASSÚ: DENTISTA JOVANE DANTAS É ABSOLVIDO DA ACUSAÇÃO DE ESTUPRO EM SENTENÇA DO MINISTÉRIO PUBLICO


Após quase quatro anos, finalmente chega ao fim o processo criminal no qual o dentista Jovane Pereira Dantas Wanderley era acusado de crime de estupro.

Segundo informações repassadas pelo advogado do acusado, o Bacharel Sanderson Rodrigues de Macedo, o conjunto probatório constante nos autos do processo em questão foi uníssono em apontar a inexistência de crime.

Pela análise dos laudos periciais obtidos dos exames aos quais se submeteram as partes, em especial a suposta vítima, nem a conjunção carnal nem tão pouco a violência narrada na denúncia restaram provadas.

O advogado de defesa ainda relatou que, diante das provas colhidas durante toda a instrução do processo, a tese inicialmente levantada pela acusação sucumbiu e o próprio Ministério Público, em suas alegações finais, pediu a absolvição do Acusado.

Por sua vez, a Magistrada Aline Daniele Belém Cordeiro Lucas, em sua sentença - que absolveu Jovane, afirmou que “várias são as contradições existentes entre a palavra da ofendida e os laudos acima citados”, fazendo menção aos laudos da polícia técnica - ITEP.

A Dra. Aline ainda afirmou que “se é certo que a palavra da vítima assume crucial importância nesses delitos, não se pode aceita-la como absoluta, quando em desarmonia com a conjunto probatório”. Desse modo, a absolvição é medida que se impõe, finalizou.

Desde o início das acusações, Jovane Dantas declarava estar sendo vítima de “caluniadores”. Agora, após a sentença que o absolveu, ele afirmou que justiça foi feita!
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, close-up
Dentista/ Jovane Pereira Dantas Wanderley

Nenhum comentário: