Seguidores

terça-feira, 31 de outubro de 2017

PREFEITOS COMEÇAM ARRUMAR AS MALAS PARA VIAJAREM RUMO A BRASÍLIA

A Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte está convidando os gestores municipais do RN a participarem da Mobilização Nacional em Brasília em prol dos municípios, no próximo dia 22 de novembro.

O evento é organizado pelo movimento municipalista brasileiro, através da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e conta com o apoio das federações de municípios de todos os estados do país.

Por Robson Pires

VÍDEO: MENORES INFRATORES FAZEM REBELIÃO NO CEDUC DE CAICÓ COM REFÉNS

Terminou por volta das 15h30 desta terça-feira, 31, um princípio de rebelião iniciado cerca de uma hora antes por adolescentes internados no Centro Educacional (Ceduc) de Caicó, no Seridó Potiguar. Os três reféns (educadores do CEDUC) foram liberados sem nenhum ferimento, porém bastante abalados psicologicamente.

ASSISTA O VÍDEO

De acordo com as informações da Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (Fundac), pasta do Governo do Estado responsável pelos Centros Educacionais, 10 adolescentes participaram da movimentação que ocorreu em uma das quatro alas do Ceduc.

O Ceduc de Caicó tem capacidade para manter 32 adolescentes internados, e hoje abriga 31 – conforme informação da Fundac.

Os Centros Educacionais são unidades operacionais de atendimento direto, em regime de internação e semiliberdade para adolescentes de todos os sexos, com medida socioeducativa de privação e restrição de liberdade, determinada pela justiça, por atribuição de autoria de ato infracional.

Portal no Ar

VÍDEO: MOTORISTA FICA PRESO NAS FERRAGENS EM COLISÃO ENTRE DOIS VEÍCULOS PRÓXIMO A LAJES-RN

Um grave acidente foi registrado na tarde desta terça-feira (31) na BR-304, próximo a cidade de Lajes, no interior do Rio Grande do Norte. Segundo informações dois carros colidiram lateralmente e um dos motoristas ficou preso as ferragens. Equipes da PRF e uma ambulância foram acionadas ao local para realizarem os procedimentos de praxe. Aparentemente o motorista da Pick-up Strada estava bem e consciente. No vídeo aparece uma senhora conversando com o motorista na tentativa de deixá-lo consciente até a chegada do socorro. 

                                                           ASSISTA O VÍDEO


PREFEITURA DE DE SANTANA DO MATOS-RN INICIA O PAGAMENTO DOS SERVIDORES NESTA QUINTA-FEIRA

Resultado de imagem para PAGAMENTO DOS SERVIDORES

Nesta quinta-feira (30) a Prefeitura de Santana do Matos através da secretaria de administração e finanças, informa aos servidores municipais, que estará sendo pago os salários de todos os servidores efetivos. Inclusive os agentes de Saúde. Sempre mostrando compromisso com o nosso servidor.

A gestão do prefeito Dr. Edvaldo Júnior mantém o padrão de manter, os salários dos servidores em dia".

ASCOM

PREFEITURA DE LAJES-RN PAGA OS SERVIDORES EM DIA

A Prefeitura de Lajes já realizou o pagamento dos servidores municipais. Pagamento em dia, compromisso honrado.

A imagem pode conter: texto

REFINARIA POTIGUAR CLARA CAMARÃO DEIXA DE SER REFINARIA E MUDARÁ O NOME: O QUE SIGNIFICA ISSO?

ECONOMIA




Chega-me a triste confirmação de que foi oficializada internamente a devolução da Refinaria Potiguar Clara Camarão (RPCC) para a Diretoria de Exploração & Produção que passará a se chamar “Ativo Industrial de Guamaré“. A medida vinha sendo internamente planejada e discutida, com alto grau de discordâncias, e foi objeto de nossa nota do dia 16 de junho de 2016, alertando para as consequências disso para o RN e para o Nordeste.

O que pode parecer apenas uma decisão interna sem maiores consequências, não é.

Esta decisão significa, em poucas palavras, que a Refinaria Potiguar Clara Camarão, do alto de suas sucessivas conquistas de aumento de capacidade, aprimoramentos técnicos, investimentos em expansão e gestão técnica e comercial especializada, deixará de ser considerada uma REFINARIA. Portanto, ficará totalmente excluída do Plano Estratégico e das discussões da Diretoria de Refino e Gás Natural (anteriormente denominada Refino e Abastecimento).

Isso é decretar a morte da nossa refinaria, assim como se decretou recentemente a suspensão das atividades de perfuração terrestre em todo o País e o fechamento da planta de biodiesel de Guamaré – sem que houvesse qualquer entendimento ou conversa com os líderes políticos e empresariais do nosso Estado, que, durante décadas, promoveu, com prioridade, incentivos fiscais, licenças e parcerias sócio-ambientais com a empresa para ajudar a viabilização de seus projetos.

A reboque desta decisão intempestiva, não há como deixar de trazer à pauta estadual a denúncia de que poderão nos tirar a refinaria simplesmente para alegar uma redução de custos que, na verdade, significará mais um retrocesso do investimento da Petrobras no Estado – o maior de todos.

Ao contrário do que se está planejando internamente, o que deveria ser feito é justamente o contrário: a incorporação de todo o Pólo Guamaré à nova Diretoria de Refino e Gás Natural, incluindo as UPGNs e os terminais de despacho e recebimento de produtos. Isso sim, seria medida de eficientização das estruturas logísticas e da gestão dos ativos da empresa no RN. E também indicaria, claramente, um caminho de avanço – e não de retrocesso – dos investimentos e da presença da Petrobras na nossa região.

Portanto, é hora de nos prepararmos para um amplo debate quanto ao planos reais da Petrobras quanto ao Rio Grande do Norte. E nisso, juntarmo-nos aos nossos vizinhos – Ceará e Paraíba – que também possuem ativos de produção e processamento de petróleo que serão afetados por estas decisões – tanto campos considerados maduros quanto unidades industriais/logísticas e novas fronteiras a ser exploradas.

É urgente agir enquanto tais discussões se encontram em estágio de planejamento e discussão – e, em especial, REQUERER da Petrobras informações claras e efetivas sobre o seus planos reais para esta região, em especial para o Rio Grande do Norte, sua casa e área de operações que sempre a tratou com todo o carinho e merecida atenção.

Vale lembrar que a RPCC passou recentemente por uma ampliação que duplicou a sua capacidade de produção de QAV. Para isto, contou com a contribuição importante do Governo do Estado, que lhe concedeu o diferimento fiscal para o combustível possibilitando atrair novos empreendimentos conexos, incluindo mas não se limitando à possibilidade de acolher centro(s) de conexões de vôos no Aeroporto Internacional Aluisio Alves, em São Gonçalo do Amarante).

A Refinaria Potiguar Clara Camarão (RPCC) recebeu recentemente da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) a autorização para passar a processar 45 mil barris por dia de petróleo com possibilidade de expansão em curto prazo para 66 mil barris por dia de capacidade. Passou assim à frente da Refinaria de Manaus (REMAN) quanto a capacidade de processamento. Uma conquista importante para o RN e que deveria ser comemorada como consolidação de uma jornada que pode levar à revitalização do setor de petróleo no Estado, se devidamente trabalhada. A nova capacidade representa a possibilidade de refinar quase 80% da produção de petróleo atual de toda a Bacia Potiguar (que inclui campos no Rio Grande do Norte e no Ceará), podendo rapidamente se atingir a auto-suficiência em refino no Estado.

Por fim, sabemos que a RPCC é uma unidade lucrativa e que conta com um histórico de gestores e operadores técnicos competentes e bem sucedidos nas suas respectivas missões. Foi uma conquista histórica para o Estado, e um sinalizador de novos empreendimentos e investimentos no futuro.

Como Secretário de Estado de Energia à época, fui testemunha e partícipe direto da ampla discussão da sociedade civil organizada do RN, do Governo do Estado e de toda a bancada parlamentar federal e estadual em uníssono, com a Petrobras e o Governo Federal. Não houve qualquer interesse escuso, negociata ou picaretagem envolvida nesta decisão e implementação. A principal meta estabelecida foi conseguir processar todo o petróleo produzido no Estado – historicamente um dos mais importantes para a produção nacional e ainda o maior produtor nacional de petróleo terrestre, à época em vias de começar operações em águas profundas também com perspectivas de incrementar a produção local de cru.

Temos a certeza de que esta medida irá, inevitavelmente, criar insegurança quanto à futura capacidade de fornecimento para o mercado local, anulando a conquista concreta de uma operação lucrativa e com potencial de ocupar nichos do mercado regional altamente promissores, para os quais certamente não faltariam atrativos ao financiamento próprio ou externo à companhia. A exclusão desta unidade dos planos regulares quanto ao parque de refino nacional implicará, cedo ou tarde, no FECHAMENTO desta refinaria, que, acompanhado da redução e minimização da participação da Petrobras nos campos produtores ao longo do tempo, resultará na finalização gradual da presença da estatal brasileira no nosso Estado.

Sem a Refinaria de Guamaré, como refinaria, não há como se pensar no futuro do setor de petróleo no Rio Grande do Norte. Seremos relegados a um província decadente e insignificante, e gradualmente a atividade se reduzirá a números meramente simbólicos, tanto de produção quanto de empregos e resultados sociais e econômicos. Não precisa ser assim. Não pode ser assim.

Desta forma, e com alto grau de urgência, gostaria de deixar aqui um apelo firme para que seja revertida imediatamente tal decisão e nos seja confirmada a manutenção do status da refinaria, na sua atual configuração organizacional, subordinada ao REFINO, de forma a assegurar a continuidade do seu planejamento e operação dentro desta área especializada da empresa.

Como cidadão e como líder empresarial do setor energético, em nome dos dois sindicatos empresariais dos quais participo, permito-me sugerir ao Governador do Estado e a seu secretariado que convoquem a bancada de parlamentares do Estado e encaminhem imediatamente à Presidência e à Diretoria da Petrobras pedido formal de esclarecimentos sobre os reais planos de investimento e estrutura de gestão da empresa no Rio Grande do Norte, em especial quanto à Refinaria Potiguar Clara Camarão. E que também se articulem com os nossos estados vizinhos, capitaneados pelos Governadores Camilo Santana (Ceará) e Ricardo Coutinho (Paraíba) para que sejam reforçadas a importância das Bacias Sedimentares do Nordeste Setentrional (Barreirinhas, Parnaíba, Ceará, Potiguar, Paraíba-Pernambuco e Araripe) e dos investimentos e operações nelas desenvolvidas para a geração de emprego e renda nestas região.

Jean-Paul Prates

Presidente do Sindicato das Empresas do Setor Energético do Estado do Rio Grande do Norte (SEERN)



PONTE DO RIO DA SOMBRA BR 304 ESTÁ COM COM SINAIS DE DEGENERAÇÃO

ESTRADAS

A ponte que fica localizada na BR 304 na altura do km 134, faz divisa entre os municípios de Angicos e a cidade de Itajá-RN está com sua estrutura aparentando sinais de desgaste. Nós levamos o Senhor José Soares Mestre de Obras especializado em Obras de Artes de Concreto, para uma pré-avaliação e ele constatou que é preciso uma vistoria urgente do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

Apesar de não ter uma placa identificando a data de construção da ponte, o Srº José disse que ela foi iniciada em 1964, na época ele trabalhava na abertura da BR 304. Segundo ele, o único sinal de reforma na ponte é a recuperação do corrimão. Ele nos mostrou o segundo pilar lado esquerdo sentido Angicos que está comprometido, a ferragem está aparecendo, segundo ele quando o pilar foi confeccionado o concreto não foi agregado corretamente.

O blog faz um alerta aos senhores vereadores ligados ao Dnit para que tome providências antes que uma tragédia venha acontecer com os usuários da rodovia. Sugerimos que alunos de engenharia da Ufersa façam estudos nessas pontes para alertar as autoridades, bem com o Dnit.









BLOG ANGICOS VERDADE

VAGA DE EMPREGO NA QUEIJARIA DE OPÇÃO

A Queijaria Opção está contratando pessoas com experiências em bolos e salgados. 99986 4818



segunda-feira, 30 de outubro de 2017

O QUE É "IDEOLOGIA DE GÊNERO"?

Termo que faz referência a conceitos sexuais é pouco conhecido do público e voltou ao debate político na elaboração dos planos de educação.
 | Bigstock

Depois de surgir com destaque em 2014 nos debates envolvendo a elaboração do Plano Nacional de Educação (PNE), o termo “gênero” voltou aos holofotes no Brasil. Políticos, pesquisadores, organizações da sociedade civil e cidadãos comuns têm se mobilizado para que o termo não conste nos novos planos municipais e estaduais de educação que devem ser votados até o fim do mês de junho. As razões para a preocupação, no entanto, ainda parecem desconhecidas de grande parte da opinião pública. Por que uma palavra aparentemente inofensiva passou a receber tanta resistência?

Uma das maiores dificuldades para esclarecer o assunto está nos múltiplos significados que o termo “gênero” pode receber, inclusive dentro de um mesmo contexto. No senso comum gênero é apenas um sinônimo mais polido para sexo, no sentido de diferenciação entre masculino e feminino, ou homem e mulher. Para uma corrente do feminismo, no entanto, o significado é bastante diferente.

MANIPULAÇÃO

Para o pedagogo Felipe Nery, presidente do Observatório Interamericano de Biopolítica, entidade crítica à teoria de gênero, há uma clara manipulação de linguagem com a palavra gênero. “O que querem promover não pretende valorizar a mulher, mas sim discriminar a família.”

Para explicar melhor o assunto e tornar a questão mais conhecida, críticos deram o nome “ideologia de gênero” a esse conjunto de ideias. O registro mais antigo que se tem da expressão está na obra “Who Stole Feminism?” (em Português, Quem roubou o feminismo?) , de 1994, escrita pela norte-americana Christina Hoff Sommers, doutora em Filosofia que se considera uma “feminista da equidade”, mas não uma “feminista de gênero”.

Conceito

Teóricos da “ideologia de gênero” afirmam que ninguém nasce homem ou mulher, mas que cada indivíduo deve construir sua própria identidade, isto é, seu gênero, ao longo da vida. “Homem” e “mulher”, portanto, seriam apenas papéis sociais flexíveis, que cada um representaria como e quando quisesse, independentemente do que a biologia determine como tendências masculinas e femininas.

Diferentemente do feminismo clássico, os militantes dessa linha não querem apenas direitos e oportunidades iguais para homens e mulheres. Para alguns de seus expoentes, a própria divisão do mundo entre homens e mulheres é um mal a ser combatido. Assim diz Shulamith Firestone, em seu livro The Dialectic of Sex (A dialética do sexo), de 1970: “A meta definitiva da revolução feminista deve ser igualmente – ao contrário do primeiro movimento feminista – não apenas acabar com o privilégio masculino, mas também com a própria diferença de sexos. As diferenças genitais entre os seres humanos já não importariam culturalmente.”


Outra referência acadêmica a cunhar o termo “gênero” foi a feminista Judith Butler. Em seu livro Gender Trouble: Feminism and the Subversion of Identity (Questão de gênero: o feminismo e a subversão da identidade), ela afirma que “o gênero é uma construção cultural; por isso não é nem resultado causal do sexo, nem tão aparentemente fixo como o sexo”. Na mesma obra, Butler ainda defende que “homem e masculino poderiam significar tanto um corpo feminino como um masculino; mulher e feminino tanto um corpo masculino como um feminino”. 

GAZETA DO POVO

JOVEM DIZ EM PROGRAMA DE TV QUE ESTÁ GERANDO JESUS CRISTO

Haley diz que está grávida
Uma jovem de 19 anos está causando controvérsia por alegar estar grávida de um menino: Jesus Cristo. A americana Haley esteve no programa "Dr.Phil" contando sobre o "milagre", mas nem a família dela está engolindo a história.

"Minha família, meus amigos, meu pastor na igreja, eles não acreditam que eu estou grávida, mas eu sei que é Jesus", disse ela no programa de TV. "Eu sei que minha gravidez é real. Eu ganhei pelo menos 10kg"

Foi a mãe de Haley que procurou o programa pedindo ajuda para lidar com a filha.

"Não posso continuar vivendo assim", disse Kristi. "Temos que tratá-la como se ela estivesse realmente grávida para evitar conflito".


Ao longo do programa de TV, nem mesmo a veracidade da gravidez de Haley ficou comprovada. A jovem, no entanto, não se abalou.

"Eu não me importo com o que um teste caseiro ou um médico diz. Quando eu der à luz meu bebê, ninguém vai poder negar, porque ele é o meu salvador".

FONTE: EXTRA

FUNCIONÁRIOS DE PEDRO AVELINO REALIZAM FESTA SURPRESA PARA SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO

PEDRO AVELINO-RN

Secretária Municipal de Educação Rita de Cassia Câmara teve festa surpresa pela passagem de seu Aniversário

Para demonstrar o imenso carinho, respeito e consideração pelos trabalhos prestados à educação do município, os servidores da Secretaria Municipal de Educação, amigos realizaram na manhã desta segunda-feira (30) uma festa surpresa em homenagem à Secretária Municipal de Educação, Rita de Cassia Câmara pela passagem de seu aniversário.
A imagem pode conter: 16 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna
Em uma festa simples, mas marcada por momentos de muitas confraternizações, realizada na própria secretaria, a festa teve tons de muita alegria e felicidade.
A imagem pode conter: 1 pessoa, comida
Ao fim, muito emocionada agradeceu pelo carinho de todos e pela ajuda que os colegas de secretaria, professores núcleo gestor, vigia, auxiliares de serviços gerais que vem dando a sua gestão a frente da educação. Agradeceu também pela presença da colega e secretária de assistência social, kikinha, dos assessores da secretaria, do diretor do centro rural, Kátia Valeria, diretores de escolas, e principalmente ao seu esposo e companheiro de todas as horas Gean Carlos.
A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna



TEMER, LULA E AÉCIO DEVEM SER PRESOS OU CONDENADOS PARA 90%, 60%, E 96% RESPECTIVAMENTE


Em um mês agitado por denúncias criminais no Congresso e no Executivo, sete sondagens feitas pelo Congresso em Foco na rede social Twitter mostram internautas exigindo maior rigor na ação do Judiciário e na legislação penal contra acusados nos chamados “crimes de colarinho branco”. Nada menos que 84% dos 4.605 votos (3.870 votos) dados pelos usuários abordaram opções que endurecem o cerco a políticos acusados de delitos como corrupção e lavagem de dinheiro, como o fim do foro privilegiado e garantias de blindagem a presidentes da República.

O rigor atinge representantes de partidos diferentes. Para 90%, o presidente Michel Temer (PMDB) deve ser preso ou condenado. Para 60%, o ex-presidente Lula (PT) também. E 96% defendem o mesmo destino para o ex-candidato à Presidência do PSDB, o senador Aécio Neves (MG). O trio foi denunciado criminalmente por corrupção passiva por procuradores do Ministério Público na Operação Lava Jato.

As enquetes foram apresentadas enquanto o Senado decidia se deveria cumprir ou descumprir a ordem para manter Aécio afastado do cargo após ser denunciado por corrupção, flagrado recebendo R$ 2 milhões em dinheiro vivo dos empresários criminosos confessos da JBS – os senadores derrubaram a decisão judicial e o tucano voltou ao cargo. No mesmo mês de outubro, a Câmara decidia se autorizava o segundo processo criminal contra Temer por organização criminosa e obstrução da Justiça – os deputados impediram a continuidade do caso. E o ex-presidente Lula, já condenado a 9 anos e meio de cadeia, se via às voltas com mais um processo em que discute se recebeu um apartamento como propina da empreiteira Odebrecht – o juiz Sérgio Moro ainda não julgou este caso.

Para 83% dos internautas, o foro privilegiado deve ser extinto. Ele permite que cerca de 30 mil políticos e autoridades, como juízes e promotores, só sejam julgados por tribunais, o que atrasa o andamento dos processos e faz muitos deles serem extintos por excesso de demora. Para 14%, o benefício não deve acabar, mas apenas ser alterado.

Outro privilégio combatido pelos usuários é a medida imposta pela Constituição em casos de processos criminais contra o presidente. No Brasil, um presidente só pode ser processado criminalmente depois que 342 deputados autorizem a continuidade do caso no Supremo Tribunal Federal. Temer se beneficiou desse medida em duas ocasiões este ano. Mas, para 73% dos usuários, essa possibilidade de “blindagem” deveria acabar no Brasil. Os deputados perderam esse benefício em 2000. Os governadores, este ano, depois de uma série de julgamento do Supremo. Hoje, só os presidentes o mantêm.

Repúdio

Os internautas ainda repudiaram a decisão do Senado que devolveu o mandato do Senado Aécio Neves. Para eles, 93% deles, os parlamentares erraram ao beneficiar o tucano com o cargo mesmo depois da decisão da 1ª Turma do STF. Aécio sequer precisou recorrer ao plenário do Supremo.

Os usuários ainda exigiram a extradição do ativista político italiano Cesare Battisti, defendido no país por políticos do PT, apesar de ter sido condenado por quatro assassinatos na Itália. Ele deve ser mandado embora do Brasil e levado de volta à Itália na opinião de 82% dos internautas. O governo de Michel Temer quer extraditar Battisti, que já tentou fugir do país com R$ 23 mil, mas uma liminar do STF mantém o ativista asilado.

O conjunto de enquetes foi apresentado na conta de Twitter do Congresso em Foco entre 10 e 25 de outubro. Houve 4.605 votos, variando de 294 a 1.340 votos em cada uma. Cada sondagem ficou aberta para votação durante 24 horas para usuários da rede social. No grupo, houve 3.870 votos, ou 84% do total, que responderam afirmativamente a questões equivalentes a defender o fim foro privilegiado; o fim da autorização do Congresso para processar presidentes; a necessidade de Aécio continuar afastado do cargo; a necessidade de se extraditar Cesare Battisti; e as prisões ou condenações de Temer, Lula e Aécio.

Apenas 394 votos, ou 8% do total, nas sete enquetes defenderam opções que reduzem o rigor do enfrentamento ao crime contra políticos e outros personagens do chamado “mundo do colarinho branco”. Houve ainda 157 votos “Não sei”, 3%, e 188 para opções diversas, 4%.

Enquetes pela internet não tem, por si só, o caráter de uma pesquisa científica, mas apresentam indicativos que merecem atenção. “A internet configura-se como uma excelente oportunidade para o desenvolvimento de pesquisas e estudos”, avaliam os professores do Programa de Pós-graduaçao em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba Luiza Camboim, Emy Bezerra e Ítalo Guimarães, em pesquisa acadêmica sobre o tema. “O maior desafio imposto ao pesquisador é a escolha por métodos eficientes que permitam a validação científica do seu estudo. Todavia, o seu acesso não é universal e cabe ao pesquisador analisar, com base no seu problema de pesquisa e objetivos estabelecidos, se o uso da internet será a forma mais eficiente para alcançar os resultados.”

Demora

Duas outras enquetes realizadas em outubro não foram contabilizadas para a avaliação do rigor exigido pelos internautas. Uma delas, mostra que o foro privilegiado, sozinho, foi o reponsável pela demora entre as ações de busca e apreensão contra o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) e o seu irmão deputado, Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA). Essa foi a opinião de 28% dos usuários. Metade creditou a lentidão a esse mecanismo e também à demora das autoridades da Polícia Federal, do Ministério Público e do Judiciário.

Os internautas ainda julgaram quem era a pessoa flagrada na fotografia do Correio Braziliense que captou um homem espiando pela janela da casa de Aécio logo depois que ele foi “salvo” pelos colegas do Senado. Apesar da negativa da assessoria do tucano, 85% acreditam que o parlamentar é o homem que, acuado, observa o que se passa pela rua.

FONTE: NBO

VÍDEO: LAVA JATO BOMBA! LAVA JATO SABE O SUFICIENTE PRA AFIRMAR QUE ((( PT MANDOU MATAR O PREFEITO CELSO DANIEL)))




                              CLIQUE NO VÍDEO PARA ASSISTIR




FONTE: NBO

RODRIGO LANCHES AVISA AOS CLIENTES QUE MUDARÁ O LOCAL DE ATENDIMENTO PROVISORIAMENTE PARA REFORMA

[COMUNICADO]

Resultado de imagem para RODRIGO LANCHES ANGICOS

Devido a reforma que acontecerá na lanchonete Rodrigo Lanches, apartir do dia 30/10/2017, avisamos que o local da lanchonete será transferido temporariamente para a residência de Rodrigo Lanches, situado na rua Maria Emília Câmara de Souza, n° 635, bairro Alto da Alegria, vizinho a Chagas Félix. As entregas continuará funcionando normalmente pelos telefones: 99947-1035 (Rodrigo

WhatsApp
99441-0781
99693-1603

Att
Rodrigo Lanches

O GIGANTE "MAR DE PLÁSTICO" NA COSTA DE HONDURAS

EL PAÍS/MÉXICO
Imagem feita por Caroline Power entre as ilhas caribenhas de Roatán e Cayos Cochinos

Um mar composto de escovas de dentes, garfos, colheres, pratos e garrafas de plástico. Essa é a imagem que a fotógrafa e ativista britânica Caroline Power captou entre as ilhas de Roatán e Cayos Cochinos, no Caribe hondurenho. “Foi devastador ver algo que me importa tanto sendo lentamente assassinado e asfixiado”, disse ela ao jornal britânico The Telegraph.

“Isto precisa parar, pensem no seu cotidiano. Como você levou para casa a comida que sobrou na última vez que você foi a um restaurante? É provável que [a embalagem] fosse de isopor, servida com um garfo de plástico, e depois colocada numa sacola de plástico”, escreveu Power no Facebook. A publicação, feita em 16 de outubro, já foi compartilhada mais de 2.770 vezes e recebeu mais de 1.100 reações nessa rede social.


A fotógrafa, especializada em imagens submarinas, contou ter feito a descoberta durante uma viagem de mergulho a ilhotas conhecidas por mal superarem o nível do mar, permitindo assim a exploração de áreas “intocadas”. “Observar o lixo e os refugos foi devastador”, disse a fotógrafa.


A organização ambientalista Blue Planet Society disse que esse “mar de plástico” se formou por causa do lixo arrastado da Guatemala para a costa hondurenha pelas águas do fronteiriço rio Motagua. Nos últimos três anos, os dois países vêm tendo atritos por causa da contaminação desse curso hídrico.


“O Governo de Honduras lamenta que, apesar das diversas abordagens ao Governo da Guatemala e dos esforços realizados, estes não tenham sido suficientes (...) e ainda não se vejam resultados concretos e evidentes”, afirmou a secretaria hondurenha de Relações Exteriores em nota no último dia 23.

O Governo de Honduras exigiu a mitigação dos danos e uma indenização pelo “investimento realizado”. Já o presidente guatemalteco, Jimmy Morales, declarou ao jornal Prensa Libre que conversou com seu homólogo hondurenho sobre as tarefas necessárias para combater o problema, mas que estas “ainda não foram definidas”.

SITUAÇÃO DA BARRAGEM ARMANDO RIBEIRO PREOCUPA

As chuvas que ocorreram este ano ainda não amenizaram a crise hídrica que passa o Rio Grande do Norte, sobretudo nas regiões do Seridó e Alto Oeste. Diante deste diagnóstico, elaborado pelo titular da Secretaria de Recursos Hídricos do Estado (Semarh), Ivan Júnior, o Governo busca alternativas para lidar com os efeitos da seca.

Aura Mazda/RepórterSecretário da Semarh, Ivan Junior, durante entrevista à TRIBUNA DO NORTE

Dependendo quase que exclusivamente de verbas federais, as soluções passam desde a construção de pequenas e grandes adutoras, mudanças de pontos de captação de água em barragens – cada vez mais secas – e perfuração de poços. A escassez não se registre às águas, mas também ao dinheiro necessário para colocar em prática as ações.

Um dos retratos da crise hídrica no RN é a barragem Armando Ribeiro Gonçalves, a maior do Estado com capacidade para armazenar 4,4 bilhões de m³ de água e que abastece 35 cidades, está com 14,29% de sua capacidade total. A previsão é que o reservatório atinja seu volume morto em dezembro, condição emblemática que atinge todo o sistema de adutoras que cortam o RN.
A crise hídrica e as consequências para a população e cadeia produtiva do RN, bem como sugestões de solução que amenizem o cenário serão debatidos durante o Seminário Motores do Desenvolvimento do RN que acontece nesta segunda-feira (30), no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (Fiern). Confira a entrevista com o secretário da Semarh, Ivan Junior.

Qual a sua avaliação sobre a situação hídrica atual do Rio Grande do Norte?

O estado e o Nordeste enfrentam uma das piores secas da sua história. Além de estar se agravando pela intensidade, estamos além de tudo isso no sexto ano consecutivo, a sua duração aumenta ainda mais o problema desse momento que estamos atravessando. Temos hoje praticamente 90% do semiárido predominante onde nós temos os principais reservatórios, a barragem Armando Ribeiro Gonçalves está com 14% da sua capacidade, a menor da sua história. Isso é muito grave, até porque os principais sistemas adutores do RN têm esses reservatórios como fonte de captação e outras que já estão sem utilização, como a de Pau dos Ferros, temos em colapso total a Parelhas, Itans. Os reservatórios estão secos e outros estão secando. Isso leva o estado a buscar uma nova alternativa, que é utilizar o subsolo, que era uma estratégia somente para o futuro, para aliviar essa situação.


A barragem Armando Ribeiro Gonçalves está com a capacidade muito baixa. Isso preocupa até que ponto?

Preocupa muito, tanto pelo seu volume, que está reduzido por causa da intensidade da seca e também ao longo dos anos o assoreamento foi ocorrendo, a capacidade não é a mesma desde que foi construída.


Existia um plano de mudar o ponto de captação de água na Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, isso ainda será feito?

Na realidade, o ponto de captação encontra-se a jusante, está no rio Piranhas-Açu, próximo a Felipe Guerra. Desde que foi construída a adutora Jerônimo Rosado, esse ponto de captação é ali. Com o volume que a barragem se encontra hoje, em um baixo nível, está colocando em dificuldade o abastecimento. Pelo estudo que realizamos, quando chegar em dezembro não teremos mais condições de captar água naquele ponto, no Rio-Piranhas já está sendo comprometido por baixar o nível do rio e isso compromete a captação. Então, a ideia é levar até dentro da barragem, dessa forma conseguiríamos utilizar o volume morto, que é quando a água não tem como descer para o rio. Esse volume morto ainda seria suficiente para mais 12 meses de abastecimento. Essa transferência do ponto de captação seria definitiva.


E quando esse projeto deve ser feito e colocado em prática?

Esse é um projeto que custa de R$ 15 milhões a R$ 20 milhões, ele foi feito e aprovado através do Ministério da Integração com aval da ANA e estamos esperando o Governo desde o mês de maio liberar esse recurso para que o Estado possa fazer essa intervenção na barragem. Isso ainda não foi feito porque ainda não temos esse recurso e pedimos apoio ao Governo Federal porque estamos atravessando a maior crise hídrica seca e precisa ser mais atuante nesses recursos para os estados.


Além das mudanças nos pontos de captação de água, vocês consideram adotar outras medidas paralelas?

Também. Além das mudanças nos pontos de captação, perfuramos cinco poços em Afonso Bezerra, com excelente vazão e qualidade, com possibilidade de abastecimento de Alto do Rodrigues, Pendência, Macau e Guamaré pelo sistema adutor. Esse sistema próximo a região salineira e captação da Jerônimo Rosado que abastece Assu e Mossoró e consequentemente o ponto da região Cabugi-Central é um investimento de R$ 88 milhões, protocolado em maio, foi aprovado e aguardamos liberação do Governo Federal. Além disso, foram perfurados mais de 1.600 poços desde 2015 até o momento. Isso também levou a instalação de sistema dessalinizadores, porque alguns poços tem boa ou baixa vazão, água salobra ou não. Temos que adaptar os poços para o consumo humano e para isso há outro investimento. Também estamos construindo pequenos sistemas adutores e barreiros em todas as regiões do Estado.


Qual a região do Rio Grande do Norte que passa por mais problemas no tocante a seca?

É o Alto Oeste, seguida do Seridó. O primeiro é abastecido pela barragem de Santa Cruz do Apodi, algumas cidades. Outras está em sistema de colapso, sendo abastecida por carros pipa e Operação Vertente. Algumas cidades do Seridó ainda tem a oportunidade de ser abastecida pela Armando Ribeira.


O inverno desse ano fui suficiente para amenizar alguma parcela da crise hídrica?

Foi muito irregular. Não foi suficiente, principalmente na região do Alto Oeste, onde choveu bem abaixo da média. No Seridó a situação foi semelhante. Vamos ter alguma chuva próximo da média na região do Vale do Assu, e do médio Oeste. Isso agravou ainda mais a situação, porque além de ter um volume reduzido de chuvas, tem os reservatórios secos e não consegue fazer uma recarga. Mesmo que no próximo ano tenhamos um bom inverno, não tenho a garantia de recarga em todos os reservatórios. As chuvas tem que ser muito boas para conseguir recarga em todos. O trabalho de conscientização e uso racional da água, investir em sistemas adutores e no subsolo é fundamental.


A liberação de verbas por parte do Governo Federal para a construção dessas obras é um grande entrave?

A dificuldade financeira é grande, e seca agrava ainda mais essa situação. É histórico a união intervir nesses momentos com mais força, apoio e dar condições de superar essas dificuldades. Esses recursos estratégicos foram solicitados em tempo hábil para enfrentar as dificuldades geradas pela seca, mas não chegaram ainda no RN por parte da União.


Como está a situação da barragem de Oiticica? Porque é uma obra que está demorando tanto para ser finalizada?

Estamos avançando. A barragem de Oiticica tem uma cerca complexidade, porque estamos construindo além de uma barragem, são mais de 1.500 famílias que estão sendo atendidas e dentro de um contexto completamente diferente de décadas atrás, quando usamos como exemplo a construção da Armando Ribeiro Gonçalves e Santa Cruz do Apodi, que são grandes barragens. A legislação hoje é completamente diferente daquela época. Os sítios arqueológicos não tinham a intervenção dos órgãos de fiscalização como ocorria antigamente, os próprios órgãos ambientais com mais rigor e delicadeza de informações. Com a parte social é que temos mais cuidado, porque a barragem Armando Ribeiro Gonçalves deixou uma sequela enorme na região da forma em que foi conduzido o processo. Desapropriação, onde moradores até hoje discutem judicialmente valores pagos. Nós conseguimos conduzir esse processo dentro de uma situação em que fosse respeitado o cidadão. Existe um comitê na secretaria com diálogo permanente com os atingidos pela construção da barragem, é o cuidado em deslocar uma família, a mata que vai ser desmatada possa ser reaproveitada pelos agricultores que ali serão assentados, que as pessoas que moram lá vão ser reassentados em agrovilas que tenha um setor produtivo. Também não houve a mesma velocidade de repasses por parte do Governo Federal em alguns anos atrás, agora melhorou.


O que falta ainda?

É o Ministério do Planejamento fazer a aprovação final do novo plano de trabalho, que contempla tudo que eu falei, enquanto isso estamos continuando a obra em um bom ritmo. Esperamos finalizar este ano de 2017 acima de 70% de concepção.


PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DO MATOS-RN PAGA SALÁRIO DOS SERVIDORES EFETIVOS NESTA TERÇA-FEIRA DIA (31)

A Secretaria de Administração e Finanças da Cidade de Santana do Matos comunica aos servidores municipais efetivos que será efetuado hoje, o depósito em suas contas.

Comunica ainda, que os recursos estarão disponíveis a partir desta terça-feira 31-10

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

ENTIDADES RELIGIOSAS DEVEM MAIS DE R$ 460 MILHÕES EM CONTRIBUIÇÕES PREVIDENCIÁRIAS

RELIGIÃO



Igrejas e entidades religiosas devem R$ 920 milhões à Receita Federal e à Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN) em impostos e tributos. Quase 60% dos R$ 799 milhões cobrados pela Receita são por contribuições previdenciárias não pagas. No início deste mês, durante a deliberação do texto-base do Refis, os deputados aprovaram uma emenda que perdoava dívidas dessas entidades, mas que foi derrubada quando a proposta chegou ao Senado.

JUSTIÇA DO TRABALHO É LENTA, MUITO CARA E POUCO EFETIVA PARA O EMPREGADO


POR FOLHAPRESS

A Justiça do Trabalho é cara e está sobrecarregada, portanto não consegue dar conta dos processos que recebe.

Na maior parte das vezes, ela é acionada para garantir o acerto de verbas rescisórias não pagas, como saldo de salário e aviso prévio e, de modo diferente do que pensa o senso comum, não pode ser considerada “pró-trabalhador” —que recebe, em média, R$ 4.500 por reclamação.

O retrato foi construído pelo pesquisador André Gambier Campos, do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada), em estudo obtido com exclusividade pela Folha.

Para ele, a solução para o problema não seria reduzir a força da Justiça do Trabalho, mas aumentar os mecanismos de negociação antes que as disputas chegassem a ela.

Campos diz ainda que, ao ao perder a chance de fortalecer sindicatos e comitês laborais, a reforma trabalhista, aprovada pelo Congresso e prestes a entrar em vigor, poderia agravar a questão dos custos, pois tenderia a elevar a demanda judicial, já bastante pressionada.

Em 2011, 9% dos empregados que se desligavam das empresas buscavam a Justiça. Em 2015, esse contingente saltou para quase 18%.

Diante da alta procura, 3,8 milhões de novas reclamações foram recebidas pelas três instâncias da Justiça trabalhista apenas em 2015.

Outros 2,1 milhões de processos foram herdados de anos anteriores.

Um pouco mais de 66% do total conseguiu ser julgado naquele mesmo ano. Mas, repetindo a dinâmica de anos anteriores, quase 34% das reclamações acabaram deixadas para os anos seguintes.

Das demandas julgadas, as reclamações consideradas totalmente procedentes foram apenas 2% do total, embora a ideia de que a balança tombe para o lado do trabalhador seja bastante disseminada.

O estudo mostra que os resultados mais frequentes envolvem decisões parcialmente favoráveis, seja por meio de conciliações entre patrões e empregados (quase 40%), seja por meio de decisões de mérito (28%).

Mas, mesmo quando a Justiça se manifesta a favor do empregado, o valor devido demora a ser pago e, em alguns casos, não ocorre.

Em 2015, ano escolhido para o estudo, o prazo para receber a sentença na primeira instância foi de sete meses, em média. Nos tribunais regionais, as ações duraram oito meses e, nos superiores, um pouco mais de um ano.

A fase de execução é de longe a mais demorada, levando, em média, três anos e meio. Fase final de uma reclamação trabalhista, a execução é o momento em que o juiz determina o pagamento de direitos reconhecidos.

CUSTO ALTO

Além de vagarosa, a Justiça do Trabalho é cara. Custou R$ 14,2 bilhões à União em 2014 —valores de dezembro daquele ano—, consumidos em sua maior parte (80%) pela folha de salários de servidores, em especial magistrados, desembargadores e ministros do tribunal superior.

É como se, para ser julgada, cada reclamação custasse, em média, R$ 4.000.

O valor é próximo do montante médio pago pelo patrão ao empregado em cada reclamação julgada (R$ 4.500).

A contrapartida, em forma de arrecadação de tributos, ficou bem abaixo dos custos.

Em créditos previdenciários, custas processuais e IR, a União conseguiu arrecadar algo próximo a R$ 723 por reclamação, em média, em 2015.

Grosso modo, para cada R$ 1 pago aos empregados, a Justiça do Trabalho desembolsou R$ 0,91 e a União conseguiu arrecadar R$ 0,16.

“Não se trata de apequenar a Justiça do Trabalho, que é histórica e importante, mas não faz sentido para a sociedade gastar tanto dinheiro para julgar pequenos valores”, afirma Campos.

EMPRESA NA "LISTA SUJA" DO TRABALHO DOOU PARA FÁTIMA EM 2014

INCOERÊNCIA

Sucocítrico Cutrale destinou o valor inicialmente ao Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores, que encaminhou a quantia por transferência eletrônica para a conta de campanha da então candidata

José Aldenir / Agora Imagens Senadora Fátima Bezerra (PT)

Redação

A empresa Sucocítrico Cutrale Ltda, uma das maiores produtoras de suco de laranja do país e integrante do cadastro de empregadores que submeteram seus trabalhadores a condições análogas à de escravidão, realizou uma doação oficial no valor de R$ 475 mil para a campanha da senadora Fátima Bezerra (PT) em 2014.

A doação consta na prestação de contas da petista. Segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Sucocítrico Cutrale destinou o valor inicialmente ao Diretório Nacional do PT, que encaminhou a quantia por transferência eletrônica para a conta de campanha da então candidata a senadora em 5 de agosto de 2014. Ao todo, Fátima declarou receitas da ordem de R$ 3.409.764,00* naquele pleito.

O cadastro de empregadores acusados da prática de trabalho escravo é realizado pelo Ministério do Trabalho. Os patrões só entram na “lista suja” depois que esgotam todos os recursos de defesa, na esfera administrativa. Permanecem nela por dois anos. A mais recente atualização da lista ficou pronta em 6 de outubro.

A Sucocítrico foi alvo da fiscalização em 2013 e, segundo as acusações, a empresa submeteu 23 de seus trabalhadores a más condições de trabalho. As atividades da empresa são concentradas em uma fazenda de Comendador Gomes, cidade localizada na região do Triângulo Mineiro.

O PT, partido ao qual Fátima Bezerra é filiada, tem criticado duramente o Governo Federal por medidas que, na interpretação de líderes do partido, relaxa o combate ao trabalho escravo no país. No último dia 16, uma portaria do Ministério do Trabalho mudou os conceitos de trabalho escravo. No texto, ficou estabelecido que trabalho forçado se configura apenas quando há restrição da liberdade de ir e vir. A medida causou repulsa de entidades e parlamentares.

No último dia 24, uma medida liminar assinada pela ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu a portaria.

OUTRO LADO

O coordenador da campanha de Fátima Bezerra ao Senado em 2014, Raimundo Alves, esclareceu em nota que, ao receber a doação da Sucocítrico Cutrale, “o PT não estava se comprometendo com a defesa de possíveis irregularidades cometidas pelo doador”. A nota ressalta ainda que as contribuições foram legais, dentro das normas em vigor naquela eleição.

Raimundo Alves assinalou também que o fato de o PT criticar o Governo Federal quanto ao relaxamento da fiscalização do trabalho escravo, mesmo tendo recebido doações de uma das empresas envolvidas, não representa “incoerência”. “Onde está a incoerência do Partido dos Trabalhadores ao defender os direitos dos trabalhadores?”, escreveu.

A nota do coordenador da campanha da petista pontua ainda que a doação para Fátima Bezerra não partiu diretamente da empresa para a conta de campanha da então candidata. “(…) a doação à campanha da então candidata foi do Diretório Nacional do PT, tendo como doador originário a citada empresa”, disse Raimundo.

FILHA DE HENRIQUE FALA EM 'ALGUÉM NOS BASTIDORES' TRATANDO DA SOLTURA DO PAI


FLAGRA

Interceptação telefônica flagrou filha do ex-ministro doTurismo dizendo ao irmão que haveria ‘alguém trabalhando, em Brasília, nos bastidores, pela soltura’ do pai.



Frankie Marcone/Futura Press/Estadão Conteúdo Henrique Alves no dia de sua prisão (06 de junho) Agência Estado

Interceptação telefônica flagrou a filha do ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB-Governos Dilma e Temer – Turismo) dizendo ao irmão que haveria ‘alguém trabalhando, em Brasília, nos bastidores, pela soltura’ do pai. Andressa de Azambuja Alves Steinmann e a mulher de Henrique Alves, Laurita Arruda, foram alvo de mandado de busca e apreensão na Operação Lavat, desdobramento da Manus – que, em 6 de junho, prendeu o peemedebista.

“Interceptações telefônicas indicam que ela trata da prisão de seu pai, na “Operação Manus”, com Laurita Silveira Dias Arruda Câmara (áudios de índice 12953470, 12966629 e 12976564). Em outro diálogo, mantido com seu irmão, Andressa de Azambuja chega a afirmar que alguém relacionado ao advogado Marcelo Leal estaria trabalhando, em Brasília/DF, “nos bastidores”, pela soltura de Henrique Alves (áudio de índice 13016560)”, informa parecer do Ministério Público Federal, no Rio Grande do Norte, à Justiça.

A Lavat cumpriu 27 mandados de busca e apreensão, três de prisão temporária e dois de condução coercitiva. As medidas foram determinadas pela 14ª Vara da Justiça Federal no Rio Grande do Norte. Foram presos três ex-assessores do peemedebista: Aluísio Henrique Dutra de Almeida, Norton Domingues Masera e José Geraldo Moura Fonseca Jr.

No parecer da Procuradoria da República citou um relatório da Receita Federal. Segundo o Ministério Público Federal, o parecer indica que ‘que grande parte do patrimônio de Henrique Eduardo Lyra Alves, composta principalmente imóveis, é colocada em nome de Andressa de Azambuja, o que pode configurar ocultação de bens ilicitamente adquiridos’.

O nome da operação é referência ao provérbio latino “Manus Manum Fricat, Et Manus Manus Lavat”, cujo significado é: uma mão esfrega a outra; uma mão lava a outra.


COM A PALAVRA, HENRIQUE ALVES


A afirmação de que terceiros estariam lavando dinheiro de Henrique Alves é absolutamente falsa e mentirosa. Andressa, filha de Henrique, está vendendo um imóvel de sua propriedade para pagar dívidas e garantir sua sobrevivência. A suposição de que a esposa de Henrique, Laurita, tivesse obtido documento falso sobre a sua condição de saúde é uma infâmia que atinge não apenas a ela, mas ao médico que o atende e a este advogado que jamais utilizaria de subterfúgio para enganar a Justiça. Basta uma consulta ao controle de entrada da Academia de Polícia para constatar a visita periódica de fisioterapeuta para tratamento de sua enfermidade. É lamentável que pessoas inocentes sejam envolvidas em investigação estéril e sem qualquer fundamento. A defesa apresentou resposta em que refuta com provas e documentos todas as acusações e confia na Justiça e na absolvição de seu cliente por ser inocente.

Marcelo Leal de Lima Oliveira

OAB/DF 21.932

domingo, 29 de outubro de 2017

MOTORISTA PERDE CONTROLE DE VEICULO NA BR 304 EM MOSSORÓ, UMA VITIMA FOI SOCORRIDA PELO SAMU

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou na tarde deste domingo (29) um acidente tipo capotamento na BR-304 próximo ao viaduto que vai para a cidade de Apodi em Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte.

De acordo com as primeiras informações,o condutor do veículo Vectra de placas (MBI-2057) Braço do Norte-SC,seguia sentido Fortaleza/Natal quando perdeu o controle do carro vindo a capotar.

Uma pessoa que se encontrava no banco do passageiro, identificada como Vilma Sinara de Jesus Silva 43 anos foi socorrida desacordada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192),para o Hospital Tarcísio Maia. O condutor do carro não teve ferimentos.

A imagem pode conter: carro e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: carro e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: carro, atividades ao ar livre e natureza

FONTE: Na Ficha da Polícia

PROFESSOR DENUNCIA DESCASO COM O ESPORTE EM FERNANDO PEDROZA, "ATUAL GESTÃO ESTÁ INCENTIVANDO PRÁTICAS ESPORTIVAS EM ANGICOS"

Mais uma vez o professor José Danúbio vai as redes sociais para denunciar o descaso da gestão da prefeita Sandra Jaqueline (PSD) com o Esporte Amador do município... 
Segundo Danúbio, os desportistas estão todos, em geral, com um sentimento de revolta misturado com decepção ao verem a situação caótica do Ginásio Poliesportivo Raimundo Roberto Carvalho Trindade...


Segundo relatou em sua conta no Facebook, os visitantes que estiveram sábado, dia (21/10), se depararam com muita sujeira, traves sem redes, banheiros sujos entregues a fedentina, e o pior, o funcionário que é pago com dinheiro público para manter o Ginásio em condições de uso se encontrava completamente 'bêbado'...

Ainda segundo Danúbio, a atual gestão está incentivando práticas esportivas no vizinho município de Angicos, e desprezando os atletas da cidade. Alguns comentários nas redes sociais pediram para que o Focoelho.com publicasse uma nota, uma forma de tentar ajudar aos desportistas.

"Onde estão os locutores do Programa Bate Bola, do Falando Francamente, até o Programa Legislativo, que na época do ex-prefeito Daniel Pereira (PMDB), sentava o sarrafo na gestão de Daniel Pereira..... aqui não temos papa na língua".

Focoelho, publique do jeito a gente enviou, a população agradece...Disse um desportista via WhatsApp.

Mande sua denúncia para o Focoelho através do nosso WhatsApp (84)99999-0191 ou para o Emailbradokcoelho@hotmail.com. A reclamação acima foi publicada do jeitinho que foi enviada, sem tirar uma vírgula…. CONTINUE enviando.

INCÊNDIO TIROU A VIDA DE UMA FREIRA NO EDUCANDÁRIO STª TEREZINHA EM CAICÓ-RN

TRAGÉDIA

Um incêndio nesta madrugada de domingo (29) nas instalações do Educandário Santa Terezinha terminou com a morte da Freira da irmandade do Amor Divino.

Irmã Terenice não conseguiu sair a tempo do quarto onde dormia enquanto as chamas consumiam o ambiente. Ela era natural da Bahia e estava há pouco tempo em Caicó/RN.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, outra Freira, esta identificada como Irmã Prachedes, que também estava no mesmo prédio, conseguiu sair ilesa.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e área interna

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

"Seria precipitado afirmar, mas, muito provavelmente o fogo tenha iniciado por uma vela, ou mesmo por um curto circuito na rede elétrica. A tragédia poderia ser maior, haja vista que cerca de 15 freiras moram no local, Mas devido se tratar de um fim de semana, muitas irmãs estavam viajando", comenta o blogueiro Suebster Neri.

Fonte: Na Ficha da Polícia

sábado, 28 de outubro de 2017

PREFEITO SOLICITA AO GOVERNADOR AÇÕES URGENTES PARA A CRISE HÍDRICA NA CIDADE DE SANTANA DO MATOS

O prefeito, Dr. Júnior Guimarães, preocupado com a atual situação que se encontra o Açude da Pedra, convidou, em público, o Governador do Estado, na última terça-feira (24), quando esteve na cidade, para visitar o reservatório que é responsável pelo abastecimento da cidade e que atualmente só tem 3% de reserva de água, reflexo da estiagem que atinge o Nordeste.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, céu, atividades ao ar livre, natureza e água

O governador, mesmo com sua agenda cheia, atendeu o chamado do chefe do executivo santanense e a comitiva foi ver de perto o baixo nível d'água do Açude da Pedra. E para amenizar os efeitos da seca, Robinson confirmou a perfuração de dez poços na região.

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, céu, atividades ao ar livre e natureza

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé, céu, nuvem, atividades ao ar livre e natureza

ASCOM

Prefeitura Municipal de Santana do Matos

"DEUS MANDOU VOTAR A FAVOR DO TEMER", DIZ A BANCADA EVANGÉLICA

POLITICA



Nesta última semana de outubro pudemos assistir ao nada excelentíssimo presidente, Michel Temer, ser salvo mais uma vez pela Câmara, que rejeitou a continuidade das investigações acerca do peemedebista e as arquivaram novamente.
O curioso é que, desta vez, a bancada dos deputados evangélicos não só manteve seu apoio incondicional como também declarou que a orientação para que Temer não fosse processado veio de Deus.
Um fato que durante toda a história da humanidade, Deus teve muitos nomes. Mas esta é a primeira vez que vemos R$ 15 bilhões gastos em emendas e medidas como a venda de aeroportos, a flexibilização do trabalho escravo no país e as liberações de dinheiro público (que chegaram a somar R$ 4 bilhões) algumas horas antes do início das votações receberem o nome de “Deus”.
Talvez seja difícil para o leitor ou a leitora tentar entender quais seriam as posições de Deus a respeito de Temer, mas para os deputados Marco Feliciano (PSC), Silas Câmara (PRB), Victório Galli (PSC), Marcelo Aguiar (DEM), Paulo Freire (PR), Ezequiel Teixeira (Podemos), Rosângela Gomes (PRB), Pastor Luciano Braga (PRB) e outros, a resposta veio durante uma oração, e seria de que “salvar Temer seria salvar o Brasil”.
As posições do povo a respeito de Temer, por sua vez, tem ficado cada vez mais claras: em março deste ano, sua aprovação era de 10%, caiu pra 5% com a chegada de julho e agora no segundo semestre desceu pra 3%.
Essa tem sido a realidade do planalto, muito distante de representar as demandas e anseios da juventude e das trabalhadoras e trabalhadores, serviu e tem servido desde o ano passado como um palco muito mal montado pra esses palhaços sem a menor graça justificarem seus interesses com Deus, o Diabo, sua família e o que mais for preciso pra descontar todo o saldo negativo nas costas dos trabalhadores e da população.