Seguidores

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

VÍDEO REGISTRA CAMINHONEIRO ATIRANDO CONTRA OFICIAL DE JUSTIÇA E PMs EM POSTO DE COMBUSTÍVEIS NO PARANÁ


                   
A troca de tiros que aconteceu em um posto de combustíveis no último dia 02 de agosto foi registrada por uma câmera de celular de um dos envolvidos.
Video registra caminhoneiro atirando contra PMs em posto de combustíveis no Paraná
De acordo com a Polícia Civil, um oficial de justiça, acompanhado dos policiais militares, cumpria um mandado de recuperação judicial do caminhão quando abordou o motorista

Uma troca de tiros terminou com duas pessoas feridas, entre elas um policial militar, em Carambeí-PR, nos Campos Gerais. A situação aconteceu por volta das 18h no pátio de um posto de combustíveis, às margens da rodovia PR-151.
De acordo com as informações apuradas, dois policiais militares auxiliavam um oficial de justiça na apreensão de um caminhão com mandado de busca e apreensão, quando foram surpreendidos depois de uma discussão o caminhoneiro sacou uma arma e atirou várias vezes conta a equipe.
Os PMs revidaram e houve uma intensa troca de tiros. Um dos policiais levou um tiro no rosto e na mão; o outro foi atingido de raspão no colete. O atirador também ficou ferido. O  foi baleado na perna.
Os feridos receberam atendimento médico no local e em seguida foram levados para um hospital do município. Nenhuma das vítimas corre risco de morte.
Segundo a PM, depois de medicado, o atirador será levado para a delegacia da cidade para os procedimentos. Ele deverá ser indiciado por tentativa de homicídio, disparo de arma de fogo e resistência.

O caminhoneiro que efetuou os disparos foi identificado como Leandro Vriesman. Entramos em contato com amigos dele que  mandaram a seguinte mensagem ao blog Angicos Verdade: "de fato não justifica a atitude dele. Agora, chamar ele de bandido eu não concordo. O irmão dele foi assassinado a mando da esposa em 2015. Ela iria ficar com o seguro e parte da empresa. Descobriram a trama, ela foi presa. A um mês atras foi posta em liberdade. Ela deu parte como o caminhão havia sido roubado. Na verdade, o Leandro é quem arcou com tudo, o caminhão tá em dia. Leandro estava trabalhando feito doido para manter a firma funcionando. Hoje, ele é o bandido e ela a vítima da sociedade. Ela ficou dois anos presa. Pra mim, ele continua sendo um grande amigo e trabalhador. Vítima de um sistema onde os valores se inverteram. Antes de apontar o dedo na cara temos que conhecer os fatos. 

Ele estava vivendo um estresse que vcs não podem imaginar. O cara surtou, estava fora de si, perdeu o controle."

O irmão de Leandro assassinado e a esposa mandante do crime 



Video registra caminhoneiro atirando contra PMs em posto de combustíveis no Paraná
Adicionar legenda
De acordo com a Polícia Civil, um oficial de justiça, acompanhado dos policiais militares, cumpria um mandado de recuperação judicial do caminhão quando abordou o motorista. Infelizmente essa não é a verdade, o veiculo não tem dívidas, a "recuperação" é por uma falsa acusação de furto que partiu da assassina, segundo o próprio Leandro Vriesman.

"Estamos em uma inversão violenta de valores. O a atitude dele poderá vir a ser nossa atitude quando em ato de extremo de desespero e quando já não conseguimos controlar nossas emoções. O extremo de uma pessoa é quando ela já não tem mais forças de tanto que lutou.Muitos consideram isso como fraqueza, eu já defino como uma pessoa que chegou no fim das forças para lutar. Pode chegar até em caso de depressão e a coisa ficar pior. Vão por mim. Eu sei do que falo. Só vamos nos dar conta que isso é real quando sentirmos na pele." Disse  um amigo de Leandro Vriesman.

Nenhum comentário: