Seguidores

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

PREFEITO DO PSDB DE ANGICOS-RN DEUSDETE GOMES FAZ UMA ADMINISTRAÇÃO IRRESPONSÁVEL, IMORAL, COM ATOS ILEGAIS E É UM PERSEGUIDOR



Amigos, estamos entrando no mês de agosto, com isso, chegamos ao oitavo mês da administração Deusdete Gomes, que até agora ainda não mostrou para que veio, usando de artifícios irresponsáveis, imorais, cometendo alguns atos ilegais e marcando seu governo pela perseguição aos seus supostos adversários, e criando inimigos.

O primeiro ato da administração do prefeito Gomes foi pouco depois que assumiu decretar estado de calamidade financeira, uma atitude irresponsável, imoral e, por que não dizer, ilegal. Justifico o porquê achei o ato ilegal: Angicos não vinha enfrentando naquele momento nenhuma catástrofe financeira, nada que explicasse o decreto de emergência. 

Ele assume na LDO 2016 (Lei de Diretrizes Orçamentárias) enviada em 23 junho a Câmara Municipal um superávit da gestão anterior no valor de R$ 1.489.556.22. Tem mais dois milhões e quatrocentos mil de convênios que ele nega.

Porém, mesmo diante desses números Deusdete decretou estado de calamidade financeira, usando da ilegalidade, publicando o decreto, com a intenção clara de ofuscar a visão da sociedade. Naquele momento um canal de imprensa da cidade dava suporte ao prefeito, que começava a administração, acreditando ser ele um homem bem intencionado entre seus eleitores.

Muita gente acreditou e por toda a cidade naquele momento muitos servidores e a rádio Cabugi Central na voz de Carlos Costa lhe davam suporte, ninguém ousaria questionar o famigerado decreto de emergência. Ledo engano, ele esquece das consequências, dos erros, do lado correto das coisas, esqueceu que nós do Blog Angicos Verdade jamais daríamos cobertura a qualquer ilegalidade envolvendo quem quer que seja.

Como se não bastasse o decreto de emergência ser ilegal, Deusdete Gomes ainda optou por prorrogar sua validade, que era de 90 dias, sendo prorrogado por mais 90 dias, ou seja, administrou a cidade por 180 dias sob decreto de emergência.

O que foi feito durante o decreto de emergência?

Contratos milionários celebrados com empresas locais, até com empresas laranjas de Mossoró, que todo mundo sabe que nunca vieram aqui.

Em resumo, o decreto de emergência foi apenas uma forma de beneficiar correligionários para pagar o carnaval, isso em detrimento à população, que sofria com a falta de tudo. O dinheiro na cidade foi embora nos grandes contratos durante o decreto de emergência.

Mas, nem só de atos ilegais, irresponsáveis e imorais está marcada a administração de Deusdete Gomes de Barros, também pela perseguição aqueles que ousam lhe fazer oposição.

Nestes sete meses de sua administração têm sido inúmeras as investidas do prefeito e sua equipe de a todo custo calar o O Blog Angicos Verdade, usando de diversos artifícios, como espalhar a calúnia e a difamação, tentar processar em série  pelo mesmo motivo e até fazer uma tentativa fajuta de comprar a dignidade do cidadão Mosar Araújo através de uma proposta de cargos, que tinha como objetivo transformar o Blog Angicos Verdade  em mais um veículo "chapa branca".

Nós mais uma vez mostramos para a administração que não queremos "vantagens" como os outros blogs. Recusamos a oferta, mesmo passando por um momento de dificuldade, sem o suporte devido ao nosso trabalho, não aceitamos a oferta de "Baal".

Como consequência dessa recusa, temos consciência de que a perseguição aumentou, prepostos da administração usam nas redes sociais os chamados “Fakes” – perfis falsos no Facebook – para tentar atingir a nossa imagem. Deveriam aproveitar o tempo ajudando a reconstruir a imagem do prefeito o e não colecionando ainda mais inimigos.

O prefeito é um homem sem visão, perseguidor, que é capaz de tirar o pão da boca daqueles que não rezam em sua cartilha, tudo para mostrar que ele é quem manda, quando todo mundo sabe que quem manda na sua administração é Nataly Felipe. 


Nenhum comentário: