Seguidores

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

DIPLOMA DADO A LULA TEM ERROS DE PORTUGUÊS; UNIVERSIDADE NEGA TER PRODUZIDO O DOCUMENTO












Documento tem vírgula em lugar errado e é assinado por “dicentes”; UFRB diz que não está autorizada a entregar título de honoris causa

Uma homenagem recebida pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na UFRB (Universidade Federal do Recôncavo da Bahia) virou motivo de piada nas redes sociais por um motivo irônico: os erros de português.

A imagem compartilhada pelo sociólogo Emir Sader, amigo de Lula, mostra o ex-presidente exibindo um diploma de doutor honoris causa com a identificação da UFRB.

Em poucas linhas, o certificado traz dois erros gramaticais.




O primeiro erro é a vírgula separando sujeito e predicado: “A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, concede ao maior presidente da República Federativa do Brasil, senhor Luiz Inácio Lula da Silva, o torneiro mecânico, o título de doutor honoris causa”.

O segundo erro aparece já no final. Assinam o documento os “dicentes da UFRB”. Neste caso, há duas explicações possíveis: a primeira é que a palavra se refira aos estudantes (discentes). A segunda, menos provável, é que a menção seja aos professores (docentes).

De uma forma ou de outra, a UFRB nega que esta tenha sido uma homenagem oficial: “A UFRB não entregou nenhum diploma ao ex-presidente”, diz nota enviada à Gazeta do Povo. De fato, a assinatura do reitor Silvio Soglia não aparece no documento. Por isso, o mais provável é que o diploma compartilhado por Emir Sader seja uma homenagem informal ao ex-presidente.

Lula deveria ter recebido o diploma de honoris causa na última sexta-feira, mas uma decisão da Justiça suspendeu o ato. O petista manteve a visita à instituição de ensino. Em vez da homenagem prevista, recebeu do reitor Silvio Soglia uma escultura do machado de Xangô, produzida pelo artista Doidão Bahia.

A UFRB foi inaugurada pelo governo Lula em julho de 2006.


Por Gabriel de Arruda Castro/Gazeta do Povo

Nenhum comentário: