Seguidores

terça-feira, 23 de abril de 2019

SESSÃO SOLENE: OUTORGA DE VOTO DE CONGRATULAÇÕES PELOS 10 ANOS DO CAMPUS DA UFERSA EM ANGICOS E CONCESSÃO DO DIPLOMA DO MÉRITO EDUCACIONAL PAULO FREIRE



A Universidade Federal Rural do Semi-Árido foi homenageada na noite desta segunda-feira, 22 de abril, O parlamento Municipal se instalou no Auditório Central da instituição no Campus Angicos-RN. A sessão solene em homenagem aos 10 anos da UFERSA foi através da resolução Nº 005/2019 proposta pelo vereador Jalmir Dantas e presidida pelo Exm°. Vice-presidente, da Casa Legislativa, Vereador Filipe Thiago Carvalho de Araújo Braga. 
O Cerimonialista, Professor Joaquim Azevedo, deu inicio a Solenidade onde foram convocados a se fazerem presentes a mesa de Honra, o Magnífico Reitor da Universidade Federal Rural do Semi-Árido UFERSA, Professor Doutor José Arimatea de matos; ILM°. Sr. Diretor do Campus da UFERSA Angicos, Professor Doutor Araken de Medeiros Santos; participaram, juntamente com ILM° Sr. João Maria Martins Bezerra, pastor da 1° Igreja Batista em Angicos; EXM° Sr. Representante da Assembleia Legislativa do RN, Deputado Estadual e Engenheiro Allyson Bezerra; representando o Prefeito, o Vice-prefeito de Angicos Miguel Pinheiro Neto e a Secretária Municipal de Educação, professora Maria da Conceição Silveira. 
COMPOSIÇÃO DA TRIBUNA DA CÂMARA AS SENHORAS E OS SENHORES PARLAMENTARES:

Vereador Jalmir Dantas de Araújo
Vereadora Kátia Silene da Silva
Vereador Leonel Ribeiro Neto
Vereador Nivaldo Nicério Gomes
Vereadora Edileuza Palhares Lopes
Vereador José Edilson Maciel
Vereador Marcos Antônio de Macêdo

COMPOSIÇÃO DA TRIBUNA DE HONRA, OS SENHORES HOMENAGEADOS COM O DIPLOMA DO MÉRITO EDUCACIONAL PAULO FREIRE: 





Entusiasta da implantação do Campus o Agrônomo Sr Marcílio Macêdo Torres e o Vereador Leonel Ribeiro Neto.



Reitor da Implantação do Campus, o Professor Dr Josivan Barbosa Menezes Feitosa e o Vice-presidente da Casa Legislativa, Vereador Filipe Thiago Carvalho de Araújo Braga. 



1° Diretor do Campus, Professor Dr. Roberto Vieira Pordeus e o Vereador Marcos Antônio de Macêdo



2° Diretor do Campus, Prof. Dr Francisco Edcarlos Alves Leite e a Vereadora Edileuza Palhares Lopes.



3° Diretor do Campus, Professor Dr Joselito Medeiros de Freitas Cavalcante e o Vereador Jalmir Dantas de Araújo.



Atual Diretor do Campus, Professor Dr. Araken de Medeiros Santos e o Vice-presidente da Casa Legislativa, Vereador Filipe Thiago Carvalho de Araújo Braga. 



Representando os Técnicos Administrativos do Campus. Sr Francisco Alex Zuza e o Vereador José Edilson Maciel.


Sr José Ronaldo Barros, Representando os Serviços Terceirizados do Campus e a Vereadora Kátia Silene da Silva.

Atual Reitor, Professor Dr. José Arimatea de Matos e o Vereador Nivaldo Nicério Gomes.

Ao falar aos presentes, o reitor da UFERSA professor José de Arimatea de Matos, agradeceu a iniciativa do vereador ao propor a homenagem a Universidade. O reitor fez uma breve retrospectiva do que representou a UFERSA nos últimos 10 anos, bem como os avanços estruturais, o RU e a Residência Estudantil. Ele anunciou ainda a construção de uma quadra poliesportiva coberta. No Campus Angicos, mais de 4.600 alunos já ingressaram na instituição, dos quais 909 colaram grau. Atualmente, o Campus tem conta 7 cursos de graduação e 1.442 alunos matriculados. Em sua estrutura funcional, a Unidade tem 90 docentes, 40 servidores, técnicos administrativos e 28 funcionários terceirizados. 






O Vereador Jalmir Dantas efetuou a entrega da Placa simbólica nas mãos do Diretor do Campus Prof. Araken de Medeiros.

O Vereador Tiago Braga entregou nas mãos do Reitor José de Arimatéia o certificado do Voto de Congratulações.




























No momento da solenidade foi transmitida ao vivo pela pagina do Facebook do vereador Jalmir Dantas.


Imagens: Blog Angicos Notícias - Leonardo Ribeiro

segunda-feira, 22 de abril de 2019

EM NATAL, EX-MARIDO É SUSPEITO DE MATAR MULHER A FACADAS DENTRO DA CASA DELA


Teresa Raquel tinha 30 anos e foi morta dentro da própria casa, em Natal — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Do G1 RN — Uma mulher de 30 anos foi morta neste domingo (22) dentro da casa onde morava, na rua Divinópolis, conjunto Vale Dourado, Zona Norte de Natal. Segundo a polícia, o principal suspeito do crime é o ex-marido da vítima. O corpo de Teresa Raquel Borges de Oliveira foi encontrado na cama do quarto da residência, coberto por um lençol.

De acordo com a Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (COINE), órgão da Secretaria de Segurança do Estado que dispõe dos números da criminalidade, até o sábado (20), 28 mulheres foram mortas este ano no Rio Grande do Norte. Destes casos, oito foram feminicídios, quando a vítima é assassinada por uma questão de gênero. Teresa Raquel foi a 29º de 2019.
Teresa Raquel Borges de Oliveira foi encontrada morta dentro da casa onde morava, no conjunto Vale Dourado — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi
Os familiares que encontraram a mulher dentro do imóvel disseram que ela apresentava roxidão na face. O Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) confirmou que ela foi morta com perfurações de arma branca.

Os parentes foram até o local depois que receberam uma ligação dos vizinhos de Teresa Raquel, informando que o ex-marido dela havia saído correndo da casa. Quando chegaram, a encontraram morta.

Josefa Borges, mãe de Teresa, disse que a filha manteve um relacionamento por 10 anos com o suspeito, porém os dois haviam rompido havia seis meses. Segundo ela, o homem não aceitava o fim da relação.

domingo, 21 de abril de 2019

GOVERNO DO ESTADO VAI DECRETAR SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA POR ENXURRADA EM TRÊS MUNICÍPIOS



GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

Natal (RN), 21 de abril de 2019


Governo do Estado vai decretar situação de emergência por enxurrada em três municípios

Devido à ruptura das barragens São Miguel 1, Vavá 1 e São Pedro no município de Fernando Pedroza na noite deste sábado (20) e alto risco de rompimento de outros dois reservatórios, o Governo do Estado vai decretar situação de emergência por enxurrada nos municípios de Fernando Pedroza, Angicos e Santana do Matos.

Com isso, será possível o suporte técnico e repasse de recursos por parte do Governo Federal. O coordenador nacional de Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas, já está ciente dos transtornos causados pelas chuvas na região Central do Rio Grande do Norte.

A decisão ocorreu na noite deste domingo em reunião entre o coordenador estadual de Defesa Civil, tenente-coronel BM Marcos de Carvalho, e equipe, secretário estadual de Recursos Hídricos, João Maria Cavalcanti, diretor-presidente do Instituto de Águas do RN, Caramuru Paiva, os prefeitos da região e coordenadorias municipais de Defesa Civil após o monitoramento de reservatórios e constatado risco de novos rompimentos.

Com a ruptura da parede do açude São Miguel 1, Vavá 1 e São Pedro, todos de propriedade privada, há o alto risco de rompimento da barragem Vavá 2 e São Miguel 2, em Fernando Pedroza. O preocupante, segundo a Defesa Civil, é que este último se trata de açude de maior volume de água com relação aos que já romperam. Ainda não é possível informar quantas pessoas seriam afetadas com a possível ruptura da parede desses açudes.

Segundo Marcos de Carvalho, da Defesa Civil Estadual, ficou acertado também na reunião que a partir desta noite de domingo será feito o monitoramento de hora em hora do São Miguel 2 pela Prefeitura de Fernando Pedroza. “Havendo anomalia, eles emitem o aviso a todas as pessoas nas áreas que possam ser afetadas por extravasamento por meio de grupos de WhatsApp, rádios locais e carros de som. Amanhã uma equipe da Semarh vai fazer intervenções como a instalação de dispositivos para aumentar o fluxo de descarga ou ainda o rebaixamento do vertedouro, permitindo que diminua o volume armazenado no açude São Rafael 2. Consequentemente reduz o seu risco potencial”, explicou o coordenador estadual da Defesa Civil.

BR-304

A Defesa Civil também vistoriou neste domingo a ponte na BR-304 que está em situação crítica devido à erosão provocada pela forte correnteza da noite de sábado. Já foram acionados o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Previsão Climática

Segundo a gerência de meteorologia da Emparn, as condições continuam favoráveis à ocorrência de chuvas em todas as regiões do Estado. Nos próximos dias, além da atuação da Zona de Convergência Intertropoical (ZCIT), tem também a chegada de uma frente fria que pode contribuir para o aumento de chuvas, principalmente no interior do RN.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL – ASSECOM


sábado, 20 de abril de 2019

EMATER DE FERNANDO PEDROZA EMITE AVISO DE ALERTA ROMPIMENTO DE AÇUDE


Venho avisar que na fazenda São Miguel próximo a Fernando Pedroza na BR 304 os açudes estão sangrando e teve um que estourou e foi pra dentro de outro açude da usina de São Miguel, tem algumas casas que a água esta dando na cintura, esta com suspeita do açude grande estourar. 


Por isso aviso aos que moram em Angicos e Ipanguaçu que fiquem em alerta porque a qualquer momento o açude grande de São Miguel pode estourar.

Informações: Emater Local de Fernando Pedroza.

quinta-feira, 18 de abril de 2019

PRESIDENTE DA CÂMARA CLOVES TIBÚRCIO PRESTANDO CONTAS COM A POPULAÇÃO ANGICANA VEJA...

Hoje, quinta feira (18) o Vereador Cloves Tibúrcio (PSDB) recebe a visita do Pré-candidato a prefeito Titico de Ambito (PT), onde no momento discutiram sobre os problemas da Cidade e também claro, falaram sobre a Política Municipal e Estadual.










quarta-feira, 17 de abril de 2019

ESTUDANTE DE BA CRIA TECNOLOGIA PARA FILTRAR ÁGUA ATRAVÉS DA LUZ SOLAR EM REGIÕES DO SEMIÁRIDO E LEVA PRÊMIO NOS EUA

Anna Luisa Santos, de 21 anos, e outros estudantes que abraçaram ideia levaram bolada de R$ 25 mil na competição HackBrazil. Tecnologia já foi implantada em cidades de 4 estados.

Por Alan Tiago Alves, G1 BA

Estudante da BA cria tecnologia para filtrar água através da luz solar em regiões do semiárido e leva prêmio nos EUA — Foto: DivulgaçãoEstudante da BA cria tecnologia para filtrar água através da luz solar em regiões do semiárido e leva prêmio nos EUA — Foto: Divulgação

Uma estudante baiana faturou um prêmio nos Estados Unidos após desenvolver uma ideia visando solucionar um problema muito comum no Nordeste do Brasil: a falta de acesso à água potável.
Anna Luisa Santos, de 21 anos, criou um sistema de filtragem sustentável para ser ligado a cisternas que utiliza radiação solar para tornar a água contaminada própria para consumo em regiões castigadas pela seca.

A jovem, que se formou em Biotecnologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2018, e outros três estudantes que abraçaram a ideia levaram uma bolada de R$ 25 mil com o segundo lugar na competição HackBrazil, evento brasileiro de tecnologia em Boston (EUA) que premia iniciativas empreendedoras.

Aqualuz é acoplado a cisternas para realizar filtragem da água através da luz do sol — Foto: DivulgaçãoAqualuz é acoplado a cisternas para realizar filtragem da água através da luz do sol — Foto: Divulgação

A final aconteceu no dia 5 de abril durante a Brazil Conference, evento que estreou em 2015 e é coordenado por alunos brasileiros de Harvard e do MIT — duas instituições da "Ivy League", a elite das faculdades norte-americanas — para promover o encontro com líderes e representantes do país. A competição reuniu 400 startups de tecnologia.

A tecnologia foi batizada de "Aqualuz". Trata-se de uma caixa de inox que é coberta por um vidro e uma tubulação simples ligada à cisterna, um reservatório comumente usado para armazenar água da chuva ou de caminhão-pipa. A filtragem da água ocorre sem a necessidade de uso de compostos químicos. Como consequência, ajuda na redução dos índices de doenças.

"A gente teve uma preocupação de desenvolver um sistema que fosse simples e eficiente para as pessoas, com uma excelente durabilidade", destacou Anna Luisa, em contato com o G1.

A tecnologia

Projeto criado por estudante baiana permite filtragem de água com luz solar — Foto: Divulgação
    Projeto criado por estudante baiana permite filtragem de água com luz solar — Foto: Divulgação

Por meio da tecnologia, a filtragem ocorre por etapas.
Primeiro, a água é bombeada da cisterna até a caixa, por meio de um encanamento, passando por um filtro ecológico que é feito de sisal;
O filtro ecológico retém partículas sólidas;
Depois, já com a água armazenada na caixa de inox, ocorre a desinfecção, em que o líquido é exposto à radiação solar para eliminação dos micro-organismos patogênicos. A alta temperatura na caixa ajuda a eliminar impurezas.
Por fim, um dispositivo que muda de cor, acoplado à caixa, alerta quando a água pode ser retirada da caixa, já pronta para o consumo, por por meio de uma torneira.
Cada ciclo de filtragem dura, em média, 4 horas. O dispositivo, que filtra até 28 litros de água por dia, dura cerca de 15 anos apenas com limpeza de água e sabão, troca do filtro natural (com o estoque de refil já fornecido), sem precisar de manutenção externa ou energia elétrica.

Testes preliminares feitos em laboratório certificado, que usaram parâmetros do Ministério da Saúde, revelaram que o "Aqualuz" reduziu em 99,9% a presença de bactérias de referência.

Além de Anna, também ganharam o prêmio pelo projeto Letícia Nunes Bezerra, Marcela Sepreny e Lucas Ayres — Foto: DivulgaçãoAlém de Anna, também ganharam o prêmio pelo projeto Letícia Nunes Bezerra, Marcela Sepreny e Lucas Ayres — Foto: Divulgação

O aparelho, no entanto, não resolve problemas de contaminações por metais, químicos, elementos radioativos e nem de salinidade. Além disso, outro limitador é que funciona apenas com a presença do Sol — em dias nublados, o ciclo de filtragem demora mais porque requer mais tempo de exposição.

"O 'Aqualuz' pode ser usado por até três famílias. Por enquanto, a gente indica o uso só em cisternas. Para rios e postos artesianos tem que ter análise da água para saber se é possível a descontaminação microbiológica e se tem contaminação adicional de metais pesados, por exemplo. Nesse caso, o 'Aqualuz' não resolve", relata a estudante.

Anna afirma que 35 unidades do "Aqualuz" já foram implantadas em cidades de quatros estados no Nordeste: Bahia, Pernambuco, Ceará e Alagoas.

O custo do equipamento é de R$ 500 por unidade, mas Anna diz que a intenção não é comercializar diretamente para as pessoas que vivem no semiárido.

"A nossa proposta é vender o projeto para empresas, nosso foco são as empresas grandes com iniciativas de responsabilidade socioambiental, e também para órgãos governamentais, para que eles possam implementar e ajudar a melhorar a qualidade de vida dos moradores do semiárido", destaca.
A ideia e os próximos passos

Anna Luisa trabalha com projeto desde os 15 anos de idade — Foto: Divulgação
Anna Luisa trabalha com projeto desde os 15 anos de idade — Foto: Divulgação

Anna Luisa conta que teve a ideia de criar o projeto quando tinha 15 anos e ainda cursava o ensino médio. "Tive a ideia para participar do Prêmio Jovem Cientista, em 2013, ano internacional de cooperação pela água. A minha ideia foi realmente ajudar a resolver a questão da água potável no semiárido. Na ocasião, não ganhei o prêmio, mas continuei o projeto até chegar na faculdade", conta.

Já na Ufba, Anna diz que ingressou na Academic Working Capital, um programa de empreendedorismo universitário do Instituto TIM, e pode desenvolver ainda mais a ideia, que também já ganhou outros prêmios como o Champion of Water Challenge by UM, no Fórum Mundial da Água 2018, e o Young Water Solutions Fellowship 2018.

"Eu me inseri num movimento de startup, e o professor disse que o projeto tinha potencial. Então, comecei a aprender um pouco mais. Durante esse período, tive várias monitorias que ajudaram a entender melhor como funciona o negócio. Eu e os demais estudantes que aderiram a ideia nos destacamos e fomos selecionados para o HackBrazil, onde ficamos entre os cinco finalistas", destacou.

Estudante da BA cria tecnologia para filtrar água através da luz solar em regiões do semiárido e leva prêmio nos EUA — Foto: DivulgaçãoEstudante da BA cria tecnologia para filtrar água através da luz solar em regiões do semiárido e leva prêmio nos EUA — Foto: Divulgação

O prêmio de R$ 25 mil que eles ganharam em Boston será usado para ampliação do projeto e para que possa ser disponibilizado em mais cidades, afirma a estudante.
Também participa da equipe Letícia Nunes Bezerra, aluna do Curso de Engenharia Ambiental, da Universidade Federal do Ceará (UFC), Marcela Sepreny, graduanda em Engenharia Química no Centro Universitário Senai Cimatec (BA), Lucas Ayres, profissional formado em Ciência da Computação pela UFBA, responsável pelo design e marketing do Aqualuz.

"A gente vai usar o dinheiro para desenvolver ainda mais o projeto, obter ainda mais certificações técnicas que atestem a eficiência do produto e implantar no semiárido inteiro. Estamos fazendo parceria com a Ufba para desenvolver mais testes. Hoje, já temos laudo que atesta que diz que o produto é eficiente, mas, como se trata de tecnologia para saúde, a gente também precisa de validações mais detalhadas. Quanto mais validações, melhor", destaca.

OPERAÇÃO PRENDE 13 SUSPEITOS E APREENDE ADOLESCENTES EM AÇÃO CONTRA FACÇÕES E TRÁFICO DE DROGAS NO RN

Ação conjunta da Polícia Civil e da Polícia Militar foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (17) em Goianinha, na região Agreste potiguar.

Por G1 RN

Operação teve participação das polícias Civil e Militar — Foto: Divulgação/Polícia CivilOperação teve participação das polícias Civil e Militar — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Uma operação conjunta deflagrada pelas Polícias Civil e Militar nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (17) terminou com a prisão de 13 adultos e apreensão de três adolescentes em Goianinha, na região Agreste potiguar.

De acordo com a Polícia Civil, a ação visava a prisão de suspeitos de integrarem facções criminosas e atuarem no tráfico de drogas na cidade.

A ação envolveu cerca de 150 policiais militares e civis e cumpriu 20 mandados de busca e apreensão, além de 15 de prisão. Além das prisões realizada com mandados, também houve flagrantes.

De acordo com o delegado-geral adjunto, Odilon Teodósio, os presos são suspeitos de crimes contra patrimônio, arrastões, roubo de celulares, homicídios, entre outros crimes.

"Foram apreendidas pequenas quantidades de drogas porque eles são varejistas, já vendem a droga que recebem dos grandes traficantes", explicou. De acordo com ele, a expectativa é de redução da criminalidade na região.
Operação prendeu 13 suspeitos e apreendeu adolescentes em ação contra facções e tráfico de drogas no RN — Foto: Divulgação/Polícia CivilOperação prendeu 13 suspeitos e apreendeu adolescentes em ação contra facções e tráfico de drogas no RN — Foto: Divulgação/Polícia Civil

MULHER É MORTA A TIROS EM JOÃO CÂMARA, RN; EX-MARIDO É SUSPEITO DO CRIME

Assassinato aconteceu nesta quarta-feira (17), no bairro IPE.

Por G1 RN

Februska Emanuely Ferreira tinha 34 anos e foi morta a tiros em João Câmara — Foto: Facebook/ReproduçãoFebruska Emanuely Ferreira tinha 34 anos e foi morta a tiros em João Câmara — Foto: Facebook/Reprodução

Uma mulher foi morta a tiros na cidade de João Câmara, interior do Rio Grande do Norte, nesta quarta-feira (17). De acordo com a Polícia Civil, o suspeito de ter atirado nela é o seu ex-marido. A vítima é Februska Emanuely Ferreira, de 34 anos. Ela era ASG no Hospital Regional de João Câmara.

O crime aconteceu no bairro IPE. A Polícia Militar informou que o homem foi até a casa da ex-mulher, pegou os dois filhos do casal e levou para uma outra residência. Depois, foi ao encontro de Februska e atirou nela.

Em seguida, ainda segundo a PM, o homem voltou até a casa onde deixou os filhos e saiu novamente com eles, uma adolescente de 14 anos e um menino de 3. Os dois foram encontrados em um terceiro imóvel, já sem o pai. A Polícia Militar realiza buscas na região para tentar encontrar o suspeito.

Polícia Militar isolou a área do assassinato o Instituto Técnico-Científico de Perícia recolheu o corpo — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi
Polícia Militar isolou a área do assassinato o Instituto Técnico-Científico de Perícia recolheu o corpo — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

GOVERNADORA VISITA DEICOR E REFORÇA APOIO AO TRABALHO POLICIAL

A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
A governadora Fátima Bezerra visitou nesta quarta-feira, 17, as instalações da Divisão Especializada em Investigação Combate ao Crime Fiscal Organizado – Deicor. Fátima foi recebida pelo diretor, delegado Erick Gomes e pelos delegados Marcuse Cabral e Ana Laura, agentes e escrivães.

O diretor Erick Gomes informou a governadora sobre as ações no âmbito da Deicor nos três primeiros meses de 2019. Em relação ao mesmoperíodo do ano anterior houve redução do ataque a bancos em 35%, aumento de 72% no número de prisões e aumento de 220% a quantidade de armas apreendidas.

A governadora lembrou que foi sindicalista e fundadora do Fórum dos Servidores Estaduais e sempre esteve ao lado da luta dos policiais civis por melhores condições de trabalho e de salário. Hoje a Polícia Civil do RN está entre os quatro estados com pior remuneração. “Expresso publicamente meu agradecimento à Polícia Civil pelo trabalho e resultados apresentados nestes primeiros três meses. Isto se deve a muita dedicação, compromisso, planejamento, foco e gestão dos agentes da segurança pública”, afirmou a governadora.

Fátima enfatizou a importância do trabalho dos servidores do sistema de segurança pública que inclui policiais civil, militares, agentes penitenciários e servidores do Itep. “Nós estamos colhendo bons resultados. Os agentes tem funções muito importantes, eles lidam com a vida das pessoas, ajudam a proporcionar paz às famílias”, argumentou registrando sua condição de servidora pública, tanto como professora, quanto como governadora, e reforçando que o governo vai continuar avançando, enfrentando as dificuldades agindo para superá-las.

Inclusive atuando junto ao governo federal para liberação de novos recursos pra equipamentos, aumento do efetivo e valorização profissional.


A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas em pé